quarta-feira, 21 de outubro de 2020

Flamengo vive 'paz incomum' na Libertadores e enfrenta Junior pela liderança do grupo



Por anos, a última rodada da fase de grupos da Libertadores foi um pesadelo para o torcedor rubro-negro. Quedas para Emelec, León, San Lorenzo... Não faltam eliminações recentes. Por isso causa tanto estranhamento a atual situação do Flamengo que, já classificado às oitavas nesta edição, pode se dar ao luxo de poupar atletas contra o Junior Barranquilla, nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã.



Nesta década, o Flamengo disputou a Libertadores seis vezes e chegou à sexta rodada da fase de grupos tendo risco de eliminação em 67% das oportunidades: em três delas, caiu na primeira fase (2012, 2015 e 2017), e se classificou em uma (2019, no ano onde foi campeão). Além desta temporada, o Rubro-Negro avançou antecipadamente em 2018, mas foi eliminado nas oitavas para o Cruzeiro. Ou seja, paz nesta etapa não é comum.



Mas não pense que o jogo deste noite não vale nada. Líder do Grupo A com 12 pontos, o Flamengo precisa de um empate para garantir a primeira colocação e não ser ameaçado pelo Independiente del Valle, que enfrenta o Barcelona (EQU) nesta quarta-feira. Ser líder dá a vantagem de os jogos do mata-mata no Maracanã. A questão é a prioridade: no próximo domingo, o Rubro-Negro enfrenta o líder Internacional, no Beira-Rio, na "final" do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. O foco está no Rio Grande do Sul.



— Nós jogamos muitos jogos este mês, e precisamos de um ponto para ficarmos em primeiro lugar no grupo. Vamos tentar trocar. Dou importância para Libertadores, mas vamos trocar bastante. Nosso elenco tem jogadores maravilhosos, podemos trocar tranquilamente — disse Domènec Torrent, após a goleada do Flamengo sobre o Corinthians.

Por isso, a tendência é que Domènec Torrent poupe uma série de atletas. O lateral-direito Maurício Isla, que disputou jogou 270 minutos em um intervalo de cinco dias, os volantes Thiago Maia e Gerson, e o atacante Pedro são os que estão em maior observação da comissão técnica. Com corte no testículo, Gustavo Henrique também será ausência.

As boas notícias ficam por conta de Bruno Henrique que, como não enfrenta o Internacional por estar suspenso, vai para o jogo.


- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: https://extra.globo.com/esporte/flamengo/flamengo-vive-paz-incomum-na-libertadores-enfrenta-junior-pela-lideranca-do-grupo-24702394.html

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário