terça-feira, 13 de outubro de 2020

Depois de ser ponta, Gerson segue sina de coringa e deve virar armador contra o Goiás



Desde seu primeiro ano no Flamengo, com Jorge Jesus, Gerson sempre teve a fama de coringa. Mas Domènec Torrent levou a característica a outro patamar. O catalão já o utilizou como cabeça de área, como segundo meio-campista e até como ponta. Contra o Goiás, às 18h, no Maracanã, essa sina de andarilho permanece. Com todos os armadores fora do time, a responsabilidade de criar deve ser do camisa 8.



É a primeira vez desde que chegou ao Flamengo que Dome se vê sem nenhum armador. Éverton Ribeiro está cedido à seleção brasileira. Arrascaeta está com a seleção uruguaia, onde se lesionou. Por fim, Diego recebeu o terceiro amarelo contra o Vasco e cumpre suspensão.

A posição não chega a ser uma novidade para Gerson. Remete a seu início no Fluminense. E, ainda que a ausência dos armadores mais utilizados aumente sua responsabilidade, ele contará com Thiago Maia ao seu lado, que também mostra muita qualidade no passe.



Na verdade, voltar para a faixa central do campo deve trazer alívio ao jogador. Nos últimos dois jogos, o camisa 8 atuou como ponta direita, posição que o faz recordar o período de ostracismo na Itália.

Em lance da vitória sobre o Vasco, Gerson se enrolou com as pernas e, numa passada errada, mandou a bola pela linha de fundo. Ficou reclamando de si mesmo. Ainda assim, não se pode dizer que se saiu mal. Foi o rubro-negro que mais venceu duelos e o segundo que mais executou dribles (atrás apenas de Thiago Maia).



Mesmo sem Gabigol, Pedro deve ser poupado

Não é apenas na criação que Domènec Torrent tem problemas para armar a equipe. Na frente, é grande a possibilidade do treinador poupar Pedro. Mesmo com Gabigol no departamento médico.

De acordo com o catalão, a fisiologia do clube detectou que o centroavante passa por um grande desgaste físico. Ele vem de uma sequência de oito jogos seguidos.



Com Pedro poupado só Bruno Henrique é presença garantida no ataque. As outras duas vagas serão disputadas por Lincoln, Vitinho e Michael. Pedro Rocha fez apenas um trabalho de fortalecimento muscular e não deve ser relacionado.

Todas as atenções no comissão técnica estão voltadas para a questão do desgaste. O Flamengo atravessa o momento mais delicado de uma temporada que já exige muito dos atletas devido às mudanças no calendário O jogo de hoje é o terceiro de uma série de cinco em 12 dias.

O próximo compromisso será contra o Bragantino, quinta, também no Rio. No domingo, a equipe visita o Corinthians, em São Paulo. Com a possibilidade de alcançar o líder Atlético-MG, os rubro-negros trabalham com a meta de passar por esta maratona com 100% de aproveitamento.


- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: https://extra.globo.com/esporte/flamengo-depois-de-ser-ponta-gerson-segue-sina-de-coringa-deve-virar-armador-contra-goias-24689194.html

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário