terça-feira, 2 de abril de 2019

Arrascaeta vê seu gol parecido com o de Rondinelli em 78 e se inspira no sucesso da "Era Zico"



O gol marcado por Arrascaeta contra o Vasco, domingo, na final da Taça Rio, ainda está bem vivo na memória dos rubro-negros. Aos 48 do segundo tempo, o uruguaio apareceu no meio dos zagueiros após cruzamento de Bill e mandou de cabeça para a rede cruz-maltina. O gol mexeu com a memória dos torcedores mais velhos, que viram semelhança com o marcado por Rondinelli na partida que decidiu o segundo turno do Carioca de 1978.

Compare os gols de Rondinelli e Arrascaeta contra o Vasco





Na ocasião, o adversário também era o Vasco, do então zagueiro Abel Braga, no Maracanã com 120.433 mil pagantes. Assim como Arrascaeta, Rondinelli subiu para mandar de cabeça o gol. Zico, que cobrou o escanteio para o "Deus da Raça" marcar, costuma dizer que se arrepia mais com este gol do que muitos gols marcados por ele mesmo.

Além do Galinho e de Rondinelli, aquela equipe do Fla tinha nomes que se se eternizaram na história do clube, como Adílio, Junior e Tita. O título carioca de 78 foi o pontapé inicial para a geração que conquistou os principais títulos da história rubro-negra.




Com um time formado por estrelas e com grandes ambições, Arrascaeta espera que seu gol também possa ser também o início de um período de grandes conquistas.

- Achei os gols bem parecidos, nós dois saímos de trás. Aquela geração é uma inspiração para nós - afirmou o camisa 14 ao GloboEsporte.com.
A grande meta agora é disputar o título da Libertadores. Na quarta-feira, no Maracanã, o Flamengo enfrenta o Peñarol em mais um duelo pelo Grupo D. Com duas vitórias em dois jogos, o Rubro-Negro é o líder. Arrascaeta ficará como opção no banco de reservas à espera de mais uma chance para tentar ser decisivo.


Fonte: https://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/arrascaeta-ve-seu-gol-parecido-com-o-de-rondinelli-em-78-e-se-inspira-no-sucesso-da-era-zico.ghtml

Curta nossa Página




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário