Queda de rendimento faz Flamengo reforçar convicção sobre foco em Copas



Foram apenas três empates nos últimos sete jogos, mas a queda de desempenho coletivo e rendimento individual de algumas das principais peças faz o Flamengo reforçar a convicção sobre o foco nas Copas, deixando o Brasileirão em segundo plano. Embora o discurso ainda seja de não deixar de lutar nas três frentes, o trabalho no próximo mês será concentrado em manter o elenco física e tecnicamente mais perto dos 100% de olho na Copa do Brasil e na Libertadores.


Logo, em mais uma semana que se inicia, o técnico Dorival Jr e os profissionais do Departamento de Saúde e Alto Rendimento (Desar) vão seguir com os trabalhos individualizados e indicar apenas quem estiver em melhores condições para as próximas partidas do torneio por pontos corridos. Com jogos contra São Paulo pela Copa do Brasil e Fluminense no fim de semana, o clássico não será prioridade.

Ao esticar um pouco a corda com Everton Ribeiro e Arrascaeta nas últimas partidas, o clube teve o retorno que já previa: a dupla de meias sofreu com desgaste provocado pela sequência de jogos. Ribeiro atuou no sacrifício, sobretudo por conta de uma gastrointerinte, e teve febre após o empate com o Goiás. Já Arrascaeta mantém tratamento contra um desconforto no púbis, mas precisou entrar no jogo no Serra Dourada para ajudar a equipe a não sair derrotada.


O capitão e camisa sete já tem incríveis 54 partidas na temporada 2022, e vem de sequência que contou também com participação diante do Ceará, entre os dois jogos da semifinal da Libertadores contra o Vélez. Everton já havia entrado no jogo contra o líder Palmeiras, antes do duelo com o São Paulo pela Copa do Brasil e em seguida diante do Botafogo. Ou seja, jogou a sequência inteira, somando 406 minutos dos 630 possíveis, fora os acréscimos.

Arrascaeta atuou por 309 minutos em seis das sete partidas da última sequência do Flamengo. O uruguaio soma 48 jogos na temporada e alterna ótimos momentos com alguns em queda de produção, normalmente por questões físicas. Como se apresenta após o jogo com o Fortaleza para a seleção, a expectativa do Flamengo é recuperá-lo para que atue contra o São Paulo e, se necessário, um pouco no clássico carioca e na partida diante do clube cearense, com uma semana de intervalo.


A ideia é repetir com todo o elenco a estratégia de dosar a carga, mas com os dois meias a reposição não tem sido à altura. Por isso, Dorival costuma revezar um pouco a presença dos dois em campo para que consigam dar ritmo ao Flamengo. Com Pedro e Gabigol de volta após suspensão, o quarteto deve ser novamente escalado na Copa do Brasil, competição em que a equipe terá força máxima. Retornam também os laterais Rodinei e Filipe Luís, além do volante João Gomes, peça imprescindível no esquema atual para que Everton e Arrascaeta tenham mais liberdade de criação.

Fonte: Extra
Imagem: Divulgação

- // -

Clique aqui para ver mais notícias do Fla

Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.