segunda-feira, 18 de julho de 2022

Oscar? Alexis Sánchez? Cristiano Ronaldo? Marcos Braz abre o jogo e fala sobre possíveis reforços 'galácticos' do Flamengo




ESPN: Após a apresentação de Arturo Vidal como reforço, nesta segunda-feira (18), o vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, concedeu entrevista na Gávea e abriu o jogo sobre os possíveis reforços "galácticos" que o clube carioca pretende trazer.



Durante a longa coletiva, Braz recebeu uma saraivada de perguntas sobre nomes de atletas famosos do futebol europeu e asiático, como o meia Oscar, do Shanghai Port, o atacante Alexis Sánchez, da Inter de Milão, e até mesmo o megastar Cristiano Ronaldo, do Manchester United.

Veja o que o dirigente disse sobre cada um:

Oscar
"Em relação ao jogador Oscar, há mais ou menos 10 dias, oito dias, fiz uma consulta a quem toma conta da carreira do atleta sobre a possibilidade do retorno desse atleta ao futebol brasileiro. Ele me disse, na época, que o jogador estava resolvendo alguns problemas pessoais, mas que a tendência era que ele teria muita dificuldade em relação a ter uma autorização do clube chinês para que ele pudesse jogar em qualquer time fora da China".



"Na mesma consulta, eu perguntei qual seria a faixa salarial dele lá, para fazer alguns cálculos de reduções. E, quando eu soube do salário, fiquei até um pouco... É... Querendo saber mais detalhes em relação se isso tinha outros pontos, outros valores agregados, parte de patrocínio, alguma coisa, porque era um valor considerável. Até me desanimou quando falou isso aí, ainda mais porque teria que resolver (a situação da contratação) com o time chinês também".

"Foi isso que aconteceu. Essa história ficou adormecida durante sete, oito dias, e parece que veio uma informação de fora do país, de um jornalista importante, que teria dito que o Flamengo estaria em negociação com o clube chinês. O que posso dizer é que o Flamengo nunca entrou em negociação com o clube chinês"



Alexis Sánchez
"Zero (chance de ser contratado)"

Cristiano Ronaldo
"Com todo respeito à sua pergunta, mas temos que tratar isso de maneira muito séria. Em nenhum momento a gente tratou com o Cristiano Ronaldo, nem pensei nisso".

"O que se tem de conhecimento é que, quando eu estava na Europa, estive com a mãe do Cristiano. Eu a a conheci em um restaurante que estava com a minha família. Conversamos por cinco minutos, tomamos um café. Ela me tratou com a maior cordialidade possível. Eu estava na Ilha da Madeira, casa dela, região dela. Foi isso que aconteceu".

"Eu gostaria muito (de contratar Cristiano Ronaldo), mas isso é impensável. Em nenhum momento a gente pensou nisso"


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário