sexta-feira, 15 de julho de 2022

Gabigol reata casamento com a torcida e vive nova lua de mel no Flamengo




Uol: Gabigol e Flamengo viveram o momento mais conturbado neste quarto ano de casamento. A versão artista do atacante fez a relação com a torcida esfriar por um tempo . No entanto, um dos protagonistas na classificação às quartas da Copa do Brasil voltou a viver momentos de lua de mel com os rubro-negros.



O atacante não marcou gol no mata-mata, porém tem menção honrosa na vaga para próxima fase. A declaração prometendo um "inferno" no Maracanã trouxe a torcida para perto do time, mudou o tom do jogo, ditou o enredo e criou uma atmosfera de decisão.


Gabi embalou os torcedores do Flamengo e estreitou a relação de uma forma que não era vista há tempos. A torcida abraçou o prometido "inferno", citado pelo atacante após a derrota em Belo Horizonte, e preparou uma festa emblemática no Maracanã, com direito a mosaico, foguetório, fumaças e faixas. As confusões no entorno do estádio, por sua vez, foram lamentadas pelo jogador.



"Eu fico feliz [que a torcida tenha comprado a ideia]. Eles entenderam o que eu falei. Hoje [quarta] foi um inferno. Um inferno até para a gente chegar aqui, para o Atlético chegar também. Eu fico triste porque soube que o ônibus foi quebrado, isso não faz parte da festa. Mas dentro de campo foi lindo. Desde o aquecimento. O mosaico, os fogo, a cor vermelha e preta do Flamengo no Maracanã. Foi uma noite inesquecível e vai ficar marcada para sempre. Eu espero que a gente combine mais infernos daqui para frente", disse o atacante durante a zona mista.

Além de embalar os torcedores, o discurso ecoou também na diretoria rubro-negra. Após a derrota para o Corinthians , pelo Brasileiro, o vice-presidente de futebol , Marcos Braz, também prometeu o "inferno" no Maracanã, em busca da classificação na Copa do Brasil. No fim, a declaração de Gabi trouxe uma dimensão maior ao jogo e acirrou a rivalidade.



Internamente, o elenco abraçou a pressão criada após a declaração e trouxe para si a responsabilidade. Comemorando a classificação ainda do gramado, os jogadores entraram em sintonia com a torcida que cantava: "Acabou o amor, isso aqui vai virar o inferno". João Gomes pegou cartaz do torcedor que trazia a frase e ergueu no Maracanã.


Gabi foi um dos últimos a deixar o gramado e curtiu até o fim o momento da comemoração. O atacante orquestrou a arquibancada, foi aclamado pelos torcedores enquanto se cobria com um bandeirão do clube.




Curiosamente, foi o "inferno" que levou o jogador ao céu mais uma vez com a torcida do Flamengo. A relação voltou a viver dias de paz após uma mini-crise. O 'novo Gabriel', seja o que pisa mais fora da área ou aquele que é conhecido como Lil Gabi, demorou a ganhar a confiança dos torcedores.

Mas essa nova versão foi a que embalou a torcida no apoio para a virada na Copa do Brasil. Ainda no caminho da reconquista, a fim do amor em todas as versões, e querendo prolongar os dias de lua de mel, Gabi voltará a campo somente na quarta-feira (20), contra o Juventude, no Mané Garrincha. O atacante cumpre suspensão contra o Coritiba , sábado (16).


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário