domingo, 12 de junho de 2022

Sandro Meira Ricci aponta Flamengo prejudicado duas vezes em jogo contra o Inter




Torcedores.com: O Flamengo foi prejudicado no duelo contra o Internacional, válido pela 11ª rodada do Brasileirão, no Beira-Rio, em Porto Alegre, neste sábado (11). Pelo menos é o que afirma o comentarista de arbitragem e ex-juiz Sandro Meira Ricci, na transmissão do SporTV.



No início da segunda etapa, o atacante Gabigol foi atingido no rosto pelo braço do zagueiro Mercado, do Internacional. O árbitro da partida acabou não marcando a falta dentro da área do Flamengo e teve o lance criticado pelo comentarista da Globo.

“Realmente tem o cotovelo ali, o braço que atinge o rosto do Gabriel. Para mim é pênalti. O jogador quando salta ele tem que tomar cuidado com o braço. O braço dele está fora do contexto da disputa, está muito aberto e ele acaba atingindo o rosto dele nesse saltar. Para mim, houve falta do Mercado no Gabriel”, afirmou Sandro Meira Ricci.



Logo no final do jogo, o lateral Matheuzinho derrubou um jogador do Inter e o árbitro acabou marcando pênalti. Sandro Meira Ricci novamente discordou da marcação da arbitragem e viu o Flamengo como prejudicado pela segunda vez no confronto.

“Para mim não houve a penalidade. A gente vê que tem uma disputa do Matheuzinho com o jogador do Inter. E ali tem um contato ali nas costas, mas quando o jogador do Inter percebe, ele já vai se desequilibrando e depois se joga. Cabe a revisão do VAR para avaliar se esse contato foi suficiente, causou impacto para a marcação do pênalti. O árbitro entendeu que esse contato foi suficiente. Mas para mim, não houve a penalidade. Esse contato nas costas não foi o que derrubou, mas o próprio desequilíbrio do jogador”, opinou.



FLAMENGO TERÁ MUITAS MUDANÇAS?

Após a tentativa de Paulo Sousa na mudança de tática do clube, Dorival Júnior também falou sobre a sua ideia de jogo para o Flamengo. O treinador vinha em destaque no comando do Ceará, mas deixou a equipe nordestina ao receber a oferta do clube carioca.

“Sempre procuro montar as equipes, principalmente no momento como esse, no meio de uma competição, tentando aproveitar o máximo possível que o trabalho anterior, de uma pessoa que merece toda minha consideração e respeito, nos deixa”, comentou Dorival Júnior.



“Tentando, naturalmente, colocar alguns pontos que percebemos praticamente nesses últimos dois dias logo após a concretização da negociação, momento que passamos a dar uma atenção maior ao desenvolvimento que a equipe vinha tendo nas partidas anteriores”, disse o técnico rubro-negro.

“A capacidade deles é muito maior do que o momento vivido pelo clube e pela equipe, e que só depende de nós uma mudança postural, para que nos reencontremos na competição, voltemos a ser uma equipe que procure se impôr e acreditando sempre no nosso potencial e na nossa capacidade de definição de uma equipe que vinha, há pouco tempo, encantando todo o país”, concluiu Dorival Júnior, em conversa ao SporTV antes do confronto válido pela 11ª rodada do Brasileirão.

Sobre Hugo, Dorival Júnior afirmou que vê muito potencial no jovem goleiro do Flamengo. “As observações que a gente vai fazendo, acompanhamos a maioria dos times… E um dia, talvez, o Hugo vai entender essa situação e o por que de uma saída momentânea”, comentou.



“Depois de um momento ele teve dois bons jogos e isso já reativou consideravelmente sua confiança. A percepção de todos nós é que ele é um garoto promissor. Mas tudo vai acontecendo com calma. Às vezes um processo oscilatório faz com que o profissional volte mais preparado. A intenção nesse momento é nesse sentido”, finalizou.

A mudança acabou não tendo grande efeito positivo na partida contra o Internacional. O goleiro Diego Alves sofreu um gol com 46 segundos de jogo. Já na metade da primeira etapa, o clube colorado acabou marcando pela segunda vez e teve a vantagem nos 45 minutos iniciais. Ambos os gols foram marcados pelo atacante Wanderson.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário