quarta-feira, 15 de junho de 2022

Narrador se retrata com Diego Ribas por comentário feito durante partida contra o Internacional




Coluna do Fla: No último sábado (11), o Flamengo perdeu para o Internacional por 3 a 1, em jogo válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em partida que marcou a estreia de Dorival Junior, um episódio fora das quatro linhas chamou a atenção a narração de José Carlos Araújo, da Rádio Tupi. Na ocasião, o profissional chamou Diego Ribas de “chefe da panelinha” e precisou se retratar.



Nesta terça-feira (14), através de suas redes sociais, José Carlos Araújo publicou dois vídeos com sua retratação. Na gravação, o narrador fez questão de “se apresentar” para Diego Ribas, que através de sua assessoria, solicitou uma satisfação do profissional da Rádio Tupi.

VEJA RETRATAÇÃO NA ÍNTEGRA:

“Retratação, essa é a palavra. Eu jamais fiz uma retratação, mas abri uma exceção que se trata do Diego Ribas, um cara que é líder, que tem uma liderança no Flamengo, camisa 10 da Gávea. Aliás, a camisa 10 do Ninho do Urubu hoje. Pois bem, no jogo de sábado à noite, que o Flamengo tocou aquele sacode do Internacional em Porto Alegre, eu falei quando o Diego entrou em campo: “Vai entrar o chefe da patota”. A diferença que o Diego tem, ele mostra ser inato até pelo nível intelectual, nível cultural, mostra ser superior aos demais. Tanto é assim que, quando o Diego Alves, o goleiro, que dizem que também faz parte da patota, foi chamado para a reunião na briga com o Paulo Sousa. O Diego Ribas esteve presente, não foi fake news.



Antes, deixa eu falar para o Diego quem sou eu. Me chamo José Carlos Araújo, tenho só 58 anos de profissão, transmiti só 12 Copas do Mundo até agora, e fui acostumado, infelizmente, a falar com o Pelé pelo telefone, a ligar para o Zico, e falar com eles sem nenhum tipo de assessor. A ligar para o Romário, nosso senado, o grande empresario Ronaldo… Falo com eles quase permanentemente. Enfim, fui acostumado assim.

Na semana da demissão do Paulo Sousa, as redes sociais anunciaram lá, o Diego Alves abraçado com o Diego e Filipe Luís, e uma legenda assim: “demitimos mais um.” É fake news? ora, ninguém vai inventar um nenhum negócio desses. E pela característica, personalidade e pelos fatos um dos quais citei, como da reunião do goleiro Diego Alves.

O Rogério Ceni quando chegou ao Flamengo viu a liderança fora das quatro linhas e se sentiu incomodado. O que ele fez? Sacrificou o Arão para jogar na zaga, e olha que o Arão foi insatisfeito, ele não queria jogar ali. Queimou o time em algumas oportunidades, é verdade, mas o Diego era titular. Na estreia do Dorival Junior, quando tudo já estava perdido, o Dorival colocou o Diego em ação, que não vinha jogando com o Paulo Sousa.



Enfim, Diego, do fundo do coração, o que eu desejo, através do Rafael Cotta, seu brilhante assessor de imprensa, que eu não conheço, eu quero deixar claro pra você. Torço para que você volte a ser aplaudido pela galera na saída do campo, que você contribua para a reação do Flamengo, que você colabore com o sucesso do novo técnico Dorival Junior. O Flamengo precisa e necessita voltar a ser a maior força do futebol brasileiro, e você, Diego, precisa entrar nessa.”

Conforme citado, o episódio ocorreu durante o jogo entre Flamengo e Internacional, pelo Brasileirão. No meio da transmissão, após o repórter anunciar as substituições do Rubro-Negro, José Carlos Araújo ‘desabafou’ sobre a entrada de Diego Ribas: “vem aí o chefe da panelinha”.

Em meio a uma situação delicada e conturbada nos bastidores, o Flamengo vê a pressão aumentar por todos os lados, e a torcida cobra posicionamento dos dirigentes e, também, de jogadores. Boa parte dos rubro-negros, inclusive, também chamam Diego Ribas de ‘paneleiro’ e falam sobre o ‘poder’ da geração 85, composta por Ribas, Diego Alves e Filipe Luís.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário