sábado, 25 de junho de 2022

Dirigente do Flamengo rebate Atlético-MG por processo a Gabigol




Torcedores.com: A rivalidade extra-campo entre Flamengo e Atlético-MG ganhou mais um capítulo neste sábado (25). Depois do Galo pleitear, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), a suspensão de Gabigol por supostamente incitar a violência, o vice-presidente jurídico e procurador geral do clube rubro-negro, Rodrigo Dunshee de Abranches, utilizou as redes sociais para rebater o time de Minas Gerais.



De acordo com o dirigente, o Atlético-MG adotou um comportamento indecente ao fazer tal pedido no tribunal.

Abranchees também alegou que o comportamento da torcida atleticana, no último jogo entre as equipes, foi desrespeitoso.

“Seria mais decente que tivessem esclarecido os cantos homofóbicos, o tratamento agressivo a nossa torcida, a conduta reprovável da PM de BH. Mas tudo bem. Farão isso no processo que finalizamos hoje”, twittou Rodrigo.


Entenda o caso

Flamengo e Atlético-MG se enfrentaram na última quarta-feira (22), em jogo válido pela fase oitavas de final da Copa do Brasil.

Dentro de campo, o Galo venceu por 2 a 1. Após o jogo, o atacante Gabigol foi entrevistado pela TV Globo e projetou a partida decisiva que está marcada para ocorrer no dia 13 de julho, às 21h30, no estádio Maracanã.

“Quando eles forem para lá vão conhecer o que é pressão e o que é inferno”, declarou Gabigol.

De acordo com informações do site Globo Esporte (GE), a diretoria do time alvinegro avaliou que a palavra “inferno” incita a violência e pediu que Gabigol seja suspenso pelo STJD.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Fonte:
Imagem:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário