domingo, 22 de maio de 2022

Acelera, Ayrton: intensivão, trabalho específico e abraço contra a timidez fazem lateral crescer no Flamengo




Por Fred Gomes | GE: Ayrton Lucas teve grande atuação na vitória por 1 a 0 sobre o Goiás, no sábado, no Maracanã. Não é possível adjetivá-la como "impecável" porque no fim ele quase entregou o ouro para Apodi, adversário sobre o qual teve amplo domínio. Mas o erro isolado não compromete em nada o belo jogo feito pelo lateral de 24 anos, até porque ele contou com a sorte



Ayrton foi eleito o #CraquedaTorcida em votação promovida pelo Flamengo, mas, para chegar ao melhor de seus cinco jogos pelo clube, contou com atenção especial do Departamento de Saúde e Alto Rendimento (Desar), abraço dos companheiros para atenuar sua timidez e um "intensivão" promovido pela comissão técnica.


Ayrton, lateral do Flamengo, no jogo contra o Goiás — Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

Trabalho específico para vencer contusão grave

Ayrton Lucas chegou ao Rio 10 dias depois de sofrer grave contusão em sua última partida pelo Spartak Moscou, na qual levou um pisão no tornozelo esquerdo do primeiro tempo do empate por 1 a 1 com o Nizhny Novgorod, pelo Campeonato Russo.



Embora o clube tenha optado pelo tratamento conservador (sem cirurgia), o problema de Ayrton foi visto como grave porque ocorreu um trauma dos ligamentos de dentro, o que é raro de acontecer. A entorse é considerada incomum por ele ter virado o pé para o lado de fora.

Ayrton Lucas foi o #CraquedaTorcida em votação promovida pelo Flamengo — Foto: Divulgação

A contusão fez Ayrton perder o ritmo de treinamento e o deixou parado por muito tempo. Ciente disso, o Desar do Flamengo realizou um trabalho com exercícios específicos para que ele voltasse não só 100% clinicamente, mas bem preparado fisicamente para suportar a intensidade dos jogos.



A atenção especial oferecida a Ayrton teve respostas nessa semana. Criticado por sofrer com Mendoza no empate com o Ceará, cresceu muito contra a Universidad Católica e consolidou a evolução diante do Goiás.

Na vitória por 3 a 0 sobre os chilenos, atingiu sua maior velocidade individual e registrou um total de 68 sprints, marca expressiva aos olhos da comissão rubro-negra. Embora o ge não tenha acesso aos números, registrou ótimos índices de distância em alta intensidade, segundo avaliação interna.



Para quem sofreu contusão grave e por ter sido o primeiro jogo completo, as informações contidas no GPS pós-vitória sobre a Católica superaram as expectativas do Desar e da comissão de Paulo Sousa.

Ênfase em melhorias táticas no intensivão de Ayrton

Como Ayrton deu boa resposta física nos últimos dois jogos, a comissão agora concentra esforços em lapidar questões táticas. No entendimento dos pares de Paulo, a evolução se mostrou nítida por ele ter sentido menos cansaço contra o Goiás.

Quando o camisa 6 começou a treinar com o grupo, Paulo Sousa e seus auxiliares mostraram vídeos a ele para sinalizarem como gostariam de vê-lo em campo. Ideias e dinâmicas de jogo sobretudo com ênfase na parte defensiva compuseram um "intensivão" que o técnico via como necessário porque a filosofia do atual Flamengo é bem diferente da praticada nos últimos meses de Spartak Moscou.



O técnico enxerga o lateral-esquerdo com boas características ofensivas, técnicas e intensidade, que precisam ser potencializadas para serem aproveitadas no estilo de jogo que prioriza.

Abraço dos companheiros o ajuda contra a timidez

Jogador de poucas palavras e discreto, Ayrton Lucas começou a se soltar durante as resenhas durante refeições e treinamentos especialmente com a ajuda de Pedro, seu companheiro nos tempos do Fluminense. Bruno Henrique, Vitinho, Fabrício Bruno e Andreas Pereira são outros dos atletas que têm se aproximado do lateral-esquerdo e o auxiliado na adaptação.

Xará de Ayrton Senna, o camisa 6 do Flamengo acelerou e deu sprint importante para iniciar uma trajetória de sucesso com a camisa do clube do coração.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário