domingo, 24 de abril de 2022

Líder de desarmes, Pablo avalia estreia pelo Flamengo e se mostra surpreso




Lance!: A estreia de Pablo pelo Flamengo não foi numa tarde feliz para o clube, que acabou derrotado para o Athletico-PR por 1 a 0, no último sábado, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O revés na Arena da Baixada marcou a primeira partida do zagueiro, que, apesar da atuação coletiva ruim da equipe de Paulo Sousa , se destacou, inclusive sendo líder de desarmes no jogo (5).



- Me saí me sentindo muito bem, pensava que ia sofrer e sentir mais, mas acredito que essa minha preparação depois da lesão foi muito positiva. O departamento médico do Flamengo foi muito eficaz nisso, me recuperei antes do tempo. Me sinto bem. Claro que depois de um jogo muito intenso, a gente tem algum desconforto, mas nada que me prejudique durante a semana para eu ficar à disposição do mister - falou o defensor, emendando:

- Jogo difícil, um campo que dificulta muito também, mas acredito que fiz um bom jogo. Claro que tenho que ter mais ritmo de jogo, conhecer mais os nossos jogadores. Infelizmente saímos com a derrota daqui, mas vamos levar alguma coisa positiva como a nossa entrega e a força de vontade para o próximo jogo - disse Pabo, que teve a sua estreia adiada por conta de uma lesão no ligamento colateral medial do joelho direito, sofrida no dia 18 de março, um dia após a sua apresentação no Fla .



Sobre a partida, Pablo enalteceu a intensidade do Athletico e a "força" do time paranaense atuando em seus domínios:

- Eu acho que quando a gente sofre um gol fora de casa fica muito mais difícil. A gente sabe que o time do Athletico tem muita força aqui, é um time bem intenso. Fizeram o gol, ficaram só esperando o nosso erro sempre no contra-ataque. Acredito que esse foi o nosso grande defeito, óbvio que o Athletico tem também os seus méritos. Mas temos que ter um pouquinho mais de cuidado porque isso dificulta o nosso tipo de jogo.

VISÃO DE PAULO SOUSA

Na entrevista coletiva, Paulo Sousa avaliou como positiva a estreia de Pablo, que foi o seu atleta nos tempos de Bordeaux, da França. A imposição física do camisa 30, sobretudo nos duelos individuais, seja no chão ou pelo alto, foi sublinhada pelo português:



- O ritmo e a competição em si são completamente diferente e num campo completamente diferente, com a velocidade da bola, a forma como ela bate e a conexão com outros jogadores da mesma linha. Parece-me um jogo muito bem feito por ele. Em termos defensivos, é um zagueiro muito forte em duelos e mesmo em duelo em aéreos. Vai nos ajudar com certeza.

Com cinco pontos em quatro jogos no Brasileirão, o Flamengo, agora, vira a chave para a Libertadores. O próximo confronto será fora de casa e diante da Universidad Católica, nesta quinta, pela terceira rodada do Grupo H. Em tempo: a reapresentação do elenco no Ninho do Urubu será nesta segunda.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário