Paulo Sousa dá fim a ‘vagas cativas’ entre volantes e abre disputa por titularidade na posição




Coluna do Fla: Após a chegada de Paulo Sousa, o Flamengo passou por uma reformulação no departamento de futebol, e novas medidas foram instauradas no Rubro-Negro. Um excelente exemplo é o aumento no nível de exigência e a competitividade interna, que podem ser resumidos na disputa por titularidade entre volantes.



Sem vagas cativas na posição, os oito jogos comandados por Paulo Sousa mostraram rodízio no elenco para testes e adaptações, além de uma boa divisão na minutagem dos atletas. Veja comparativo entre a utilização de volantes em 2021 e 2022.

2021:

Andreas: 24 jogos, 1922 minutos (chegou em agosto. Foram 29 jogos desde sua estreia)

Arão: 55 jogos, 4746 minutos

João Gomes: 44 jogos, 2374 minutos

Thiago Maia: 31 jogos, 1600 minutos

2022:

Andreas: cinco jogos – 369 minutos

Arão: oito jogos – 492 minutos

João Gomes: sete jogos – 446 minutos

Thiago Maia: participou de dois de quatro jogos possíveis, antes do corte na perna – 148 minutos



Com a disputa por titularidade sendo incentivada por Paulo Sousa, os volantes do Flamengo – assim como o restante do elenco -, terão o restante dos treinos desta semana para garantir uma vaga no jogo do próximo domingo (06), contra o Vasco.

À disposição de Paulo Sousa, Arão, Andreas e João Gomes brigam pela titularidade no Clássico dos Milhões. Thiago Maia, em recuperação do corte na perna, corre por fora na disputa. A bola vai rolar para Flamengo e Vasco no próximo domingo (06), às 16h (de Brasília), no Engenhão.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem:

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.