O que esperar do Flamengo neste domingo contra o Vasco




Lance!: O Flamengo possui uma vantagem significativa contra o Vasco nas semifinais do Campeonato Carioca e, a partir das 16h deste domingo, joga para sacramentar a vaga pela partida de volta, no Maracanã, podendo perder por até um gol de diferença que avança à decisão. Mas o clássico vai além da objetividade do placar. 



Para o time de Paulo Sousa, um bom rendimento significará uma tarde integral de apoio maciço das arquibancadas, que estarão lotadas de rubro-negros, e uma impressão melhor diante de um limitado Vasco, que encrespou para cima do arquirrival nos dois últimos clássicos contra o Flamengo, com um time fechado e que expôs um repertório pouco criativo do lado flamenguista.

Outro fator que será importante observar será a equipe sem a presença de Bruno Henrique, ainda sem estar na melhor forma e em recuperação após sofrer uma luxação no ombro, justamente no triunfo da ida, por 1 a 0. Lázaro e Pedro pintam como os mais prováveis para substituí-lo.



O técnico português já mostrou que não tem titulares absolutos e, quem entrar hoje, pode dar um importante passo já de olho no início da Libertadores e Brasileiro, além das eventuais finais do Carioca, é claro.

E ainda sobre as dificuldades recentes encontradas contra o Vasco, Paulo Sousa já externou querer um time mais intenso e que saiba criar mais soluções de gol quando possui o amplo domínio da posse de bola:



- Enfrentamos um adversário que procurou defender, contra-atacar e buscar situações nas bolas paradas. Foi mais ou menos o que aconteceu durante o jogo. No segundo tempo, nosso adversário procurou ter um pouco mais de velocidade e arriscou em nível individual uma pressão mais rápida. Muitas vezes jogamos muito para trás e temos que superar essa pressão. É algo que temos que melhorar, sobretudo nos últimos minutos de jogo, quando temos mais controle. Se sairmos dessa pressão, teremos mais espaço para encontrar capacidade de finalização - destacou Paulo Sousa, após o Clássico dos Milhões da quarta passada.

Quanto ao quesito individual, Gabigol é o personagem cujos holofotes sempre estarão apontados. Desta vez não será diferente, sobretudo porque Gabi terá a oportunidade de deixar Raniel e Nenê, com cinco gols cada e principais goleadores do Vasco, para trás na briga pela artilharia do Estadual.



O camisa 9 do Fla está com oito gols e isolado naquela pode ser a sua sétima artilharia pelo clube. Seja quem for o seu parceiro no ataque, Gabi é quem mais tende a se beneficiar com um rendimento mais convincente do Rubro-Negro nesta tarde. E assim ganharia todo o Flamengo, amplo favorito, ambicioso por hegemonia e pelo inédito Tetra no Cariocão.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Paula Reis
Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.