quarta-feira, 2 de fevereiro de 2022

Com Andreas e reforços em pauta, Flamengo inicia nova temporada de mochilão europeu pela Inglaterra




Por Cahê Mota | GE: O Flamengo começa nesta quinta-feira mais uma temporada de seus mochilões pela Europa, e a porta da entrada da vez será Londres. Com o fechamento da janela de transferências para o Velho Continente, Marcos Braz e Bruno Spindel embarcam em busca de reforços e para tentar avançar na compra de Andreas Pereira ao Manchester United.



Os dirigentes rubro-negros passaram os últimos dias em São Paulo para alinhar possíveis investidas com empresários, em reuniões que deixassem a agenda europeia mais avançada. A expectativa é de que estreitem os laços com os ingleses para fazer valer a proposta de 8 milhões de euros apresentada no início de janeiro ao United para contar em definitivo com Andreas.

Como nas últimas imersões no mercado europeu, o Flamengo fez valer a boa relação de seus dirigentes com empresários como Giuliano Bertolucci e Kia Joorabchian. A dupla mais uma vez está em contato direto com Braz e Spindel para apresentar opções viáveis para reforçar a equipe.



A Inglaterra será somente a porta de entrada, mas a previsão é de que os dois dirigentes sigam para outros destinos à medida que tratativas por reforços avancem - até agora, o clube acertou apenas a contratação de Marinho, ex-Santos, para a temporada. Lisboa, por exemplo, costuma ser um hub onde a dupla se baseia para direcionar as ações.

Em dezembro, Marcos Braz passou quase três semanas em Portugal para fechar a contratação de Paulo Sousa - além da tentativa de retorno de Jorge Jesus. Bruno Spindel esteve junto nas duas primeiras semanas e retornou ao Brasil pouco antes da virada do ano. A prática é comum da dupla desde 2019, quando foram buscar nomes como Rafinha, Filipe Luís e Gérson.



A capital de Portugal está no planejamento para que o Flamengo tente abrir conversas com o Benfica por Everton Cebolinha. A negociação, por sua vez, é improvável diante da postura irredutível dos portugueses de aceitar apenas vender, enquanto os rubro-negros têm como modelo de negócio um empréstimo com opção de compra, como aconteceu com Pedro, Gabriel, Thiago Maia e agora Andreas Pereira.

Está dada a largada para mais um mochilão rubro-negro na Europa. Façam suas apostas.



- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário