domingo, 2 de janeiro de 2022

Atacante vai à Justiça contra o Flamengo por pensão de ex-mulher




Por Diego Garcia | Uol: O atacante Paulinho, campeão da Copa do Brasil pelo Flamengo em 2013, briga com o clube rubro-negro na Justiça pelo pagamento de pensão alimentícia à sua ex-mulher, em dinheiro que deveria ser repassado para cuidar da filha.



O jogador alega que o Flamengo era obrigado, por decisão judicial, a repassar 15% dos ganhos do atleta a título de alimentos provisórios, a serem transferidos para a criança. Isso deveria ocorrer, segundo Paulinho, mesmo quando ele foi emprestado ao Vitória, em 2017.

Porém, o atacante diz que o Flamengo não fez o desconto da verba alimentícia em favor da menor quando ocorreu sua rescisão contratual. Assim, de acordo com Paulinho, a mãe de sua filha entrou na Justiça contra ele exigindo o repasse dos valores.



Os advogados de Paulinho defendem que, como empregador do jogador, o Flamengo era o único responsável pelo desconto e repasse dos valores correspondentes à pensão alimentícia em favor da mãe da filha do atleta.

No total, Paulinho cobra R$ 32 mil do Flamengo. Na época em que defendia o clube, ele recebia salário de R$ 160 mil, segundo informações que constam no processo. Desse montante, 15% - ou R$ 24 mil - eram repassados mensalmente à mulher.



Intimado para se defender no processo, o time rubro-negro diz que não cometeu ato ilícito, contestou todos os documentos anexados pelo atacante e alegou que o valor da rescisão de contrato foi pago ao jogador. Também acusou má-fé de Paulinho no processo e pediu sua condenação.

Em decisão inicial, a Justiça solicitou o imposto de renda de Paulinho, para verificar quanto o jogador recebia em direito de imagem - ele diz que não declara renda há 3 anos, pois estava sem rendimentos suficientes, e é rebatido pelo Flamengo, que o acusa de ocultar o patrimônio das autoridades. Hoje, o jogador defende o Rio Branco (ES).

O Flamengo foi procurado para comentar o processo, mas não respondeu até a publicação. Caso o clube queira se manifestar, a nota será atualizada.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Gilvan de Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário