quarta-feira, 12 de janeiro de 2022

Após repercussão de foto de Marcos Braz e mãe de Cristiano Ronaldo, português não descarta um dia jogar no Brasil




Espn: A foto da mãe de Cristiano Ronaldo com Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo, agitou muitos torcedores nas redes sociais. Mas o sonho de ver o craque português um dia atuando no Brasil poderia virar realidade? O próprio astro do Manchester United respondeu.



Em entrevista exclusiva à ESPN Brasil, CR7 revelou admiração pelo país, o qual disse conhecer bastante sobre. Já em relação ao futuro no futebol, deixou a possibilidade em aberto.

“O que eu posso dizer, com certeza absoluta, é que o Brasil é um país irmão. Pela relação que tenho com colegas meus, pela cultura, os brasileiros que vivem em Portugal. Minha irmã vive no Brasil, casada com brasileiro. Faço meus cursos de nutrição com brasileiros. É um país que tenho muita consideração, sei muito sobre o Brasil”, disse o atacante.



“Jogar, ninguém sabe. Ninguém dizia que eu ia voltar ao Manchester (United) com 36 anos, e aqui estou. Jogar no Brasil? Não sei. Está longe dos meus pensamentos. Mas no futebol tudo é possível, não sei”, complementou ele.

A foto que agitou torcedores foi tirada na Ilha da Madeira, terra natal de Cristiano Ronaldo. Marcos Braz, que viajou a Portugal para contratar um técnico para o Flamengo, chegou a brincar com a possibilidade de CR7 vestir a camisa rubro-negra e foi respondido pela mãe do astro. “Convencimento começa pela família”, escreveu o dirigente, na ocasião.



Na entrevista à ESPN Brasil - que terá outros trechos exibidos nesta quarta-feira no SportsCenter, às 20h, ao vivo pela ESPN no Star+ -, Cristiano Ronaldo, inclusive, disse que já sabia do encontro entre a mãe Dolores e o representante do Flamengo.


Qual o melhor Ronaldo?

Ainda na relação com o Brasil, Cristiano Ronaldo respondeu sobre as comparações com outros “xarás” brasileiros: Ronaldo Fenômeno e Ronaldinho Gaúcho. Ele evitou, contudo, dizer quem foi melhor. “Depende de como fazemos. Mas não gosto de comparações.”



“Prefiro dizer que os três deixaram seu legado, sua história. Posso dizer, por fatos, que ganhei mais títulos individuais do que eles, mas os dois ganharam Copas do Mundo. Simpatizo muito com eles. São dois jogadores que cresci assistindo. Dizer quem é o melhor, o segundo, não é o mais importante. Prefiro ficar que são ídolos e deixaram uma história bonita no futebol.”

A entrevista exclusiva com Cristiano Ronaldo foi dividida em três partes e você vê tudo nesta quarta, quinta e sexta-feira no ESPN.com.br e também no SportsCenter.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário