sexta-feira, 7 de janeiro de 2022

Ano novo, vida nova: veja quem vai precisar recuperar espaço com Paulo Sousa no Flamengo




Lance!: O Flamengo está prestes a iniciar, na prática, a Era Paulo Sousa. Depois de otimizar o tempo com conversas com funcionários do a dia via videoconferência e solicitar a a instalação de um telão próximo aos campos principais do CT , o técnico português terá como um dos próximos passos conhecer todo o elenco.



Embora Paulo Sousa tenha dito que "todos os jogadores serão importantes" e pedido para a diretoria evitar negociar atletas antes de conhecê-los, há peças que precisarão recuperar espaço e confiança com a nova comissão técnica.

- Todos (jogadores do elenco chamam a atenção). Todos os jogadores serão muito importantes, a temporada é longa, são muitos jogos. Claro que há muitos jogadores que se destacaram nos últimos anos, vão se destacar essa temporada, mas todos eles serão muito necessários, e o compromisso de todos é o que vai nos levar aos melhores objetivos, que são os objetivos do Flamengo, sempre. Criar emoção em todos os nossos torcedores com vitórias constantes. A cultura da vitória é muito importante - realçou Paulo Sousa, no dia em que foi oficializado como técnico do Flamengo (o contrato é até dezembro de 2023) .



O LANCE! separou cinco nomes com potencial para terem mais rodagem do que vêm tendo num histórico recente. Confira abaixo:

LÉO PEREIRA

Assim que Pablo Marí deixou o Flamengo e abriu uma lacuna, Léo Pereira foi contratado por 7 milhões de euros junto ao Athletico-PR, em janeiro de 2020. O alto investimento ainda não se provou um acerto irrefutável, tendo em vista que o zagueiro canhoto, de 25 anos, nunca conseguiu emendar uma sequência de atuações consistentes.

Jogou 34 vezes em 2020 e 35, em 2021, mas constantemente volta ao fim da fila quanto à concorrência, que recentemente se acentuou com a chegada de David Luiz, titular absoluto. Com Sousa e agora sem Bruno Viana, Léo Pereira terá uma nova oportunidade para estar à frente de Gustavo Henrique como reserva imediato, quem sabe, e ter mais espaço.



RAMON

O jovem lateral-esquerdo é um caso à parte. Aos 20 anos, apesar de tido uma sequência importante de jogos na reta final da última temporada, foi protagonista de um acidente de carro que levou a vítima a óbito . Ou seja, será fundamental que a nova comissão técnica também trabalhe o lado mental de Ramon.

Ao todo, Ramon acumula 38 jogos nos profissionais. Concorre com Renê para ser o reserva imediato do experiente Filipe Luís, porém, no setor, é o que mais possui características ofensivas, o que pode beneficiá-lo nas variações táticas de Paulo Sousa. Antecipadamente, vem treinando no Ninho desde segunda.



DIEGO RIBAS

Com o contrato recém-renovado (agora válido até dezembro de 2022), Diego Ribas é um dos capitães do elenco. E o camisa 10 precisa mostrar que ainda tem lenha para queimar e ser útil dentro de campo. Terminou 2021 em baixa, com atuações ruins, tanto que nem foi acionado na final da Libertadores.

A chegada de Paulo Sousa pode ser a virada para Diego, neste que será o seu sétimo ano pelo Fla, sofrer menos lesões e voltar a ser peça-chave na articulação rubro-negra, seja como titular ou como um "12º jogador", como era com Jorge Jesus.

KENEDY

Assim como Andreas Pereira, Kenedy chegou por empréstimo no decorrer da temporada passada e assinou até meados de 2022. No entanto, está longe do status de titular (como tem o meio-campista). Só atuou em 17 partidas, sendo apenas quatro iniciando na equipe titular, além de ter marcado um gol.



Aos 25 anos, com considerável bagagem europeia e uma pré-temporada eficaz, Kenedy tender a ter a faca e o queijo na mão para brigar efetivamente por vaga entre os 11, sobretudo pela fase oscilante de Everton Ribeiro, o seu concorrente direto.

PEDRO

Outro atacante que tem potencial de sobra para ter mais espaço no Flamengo. Um dos maiores centroavantes do país, Pedro, de 24 anos, soma menos de 50% de jogos como titular no clube, em 100 partidas . A ingrata concorrência com Gabigol afeta a sua rodagem, inegavelmente, mas nenhum técnico deu oportunidade para a dupla ser escalada junta no time titular.

A ver se Paulo Sousa será o primeiro treinador, desde o início de 2020, a apostar numa formação em que Pedro seja a principal referência, pois talento o camisa 21 já cansou de provar que tem: são 41 gols e dez assistências pelo clube, mesmo com o status de reserva. O treinador, aliás, já destacou que o centroavante terá mais espaço .


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário