segunda-feira, 1 de novembro de 2021

Com redução da dívida e superávit de R$ 115 milhões, Flamengo divulga balancete do terceiro trimestre




Uol: O Flamengo divulgou ontem o demonstrativo financeiro referente ao terceiro trimestre de 2021 com uma receita bruta de R$ 768 milhões e apontou um superávit de R$ 115 milhões nos primeiros nove meses do ano.



Nos últimos três meses da temporada, o Flamengo pretende romper a barreira do R$ 1 bilhão em receitas, meta da direção também estipulada para as temporadas seguintes.

O documento publicado pelo clube junto ao balancete, reafirma a expectativa de mais anos positivos no quesito financeiro:



"Vale ressaltar que as perspectivas de faturamento na casa de R$ 1 bilhão no ano de 2021 estão bastante próximas de se concretizar. Contudo, mais importante que isso é a perspectiva de que 2022 e 2023 serão anos similares ou superiores no patamar de Receitas Recorrentes (aquelas que não são ligadas a eventos pontuais como a venda de atletas), desde que, mantendo-se a atual evolução positiva no controle da pandemia".

O aumento das receitas em relação ao ano anterior foi impulsionado pelos valores arrecadados em patrocínios (R$ 121 milhões) e transferências de jogadores (R$ 271 milhões).



É interessante pontuar que o programa de sócio-torcedor, impactado pelo covid-19 desde março de 2020, teve uma queda na arrecadação de 44%, somando R$ 29 milhões aos cofres do clube entre janeiro e setembro.

O Flamengo também registrou redução do endividamento líquido operacional do clube em mais de R$ 100 milhões em relação ao final de 2020, totalizando R$ 303 milhões.



A nota anexa ao balancete do terceiro trimestre de 2021 também reforça a perspectiva positiva que o Flamengo tem com relação a diminuição da pandemia no Brasil.

"Os eventos e condições gerados pela Covid-19 não geraram incertezas quanto à continuidade operacional do Clube. Neste momento, o cenário nacional aponta para uma melhoria significativa nos impactos, o avanço expressivo dos números da vacinação, já sendo publicado medidas de relaxamento dos protocolos sanitários. Adicionalmente, como mencionado previamente, o Clube tem implementado inúmeras ações para garantir a continuidade das suas operações e, neste momento, o surto não causou alterações nas circunstâncias que indicariam um risco de continuidade", diz trecho do balancete do clube.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Alexandre Vidal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário