sexta-feira, 3 de setembro de 2021

Dirigente explica sobre possibilidade de usar o nome Flamengo em time Europeu




Coluna do Fla: Nas últimas semanas, saiu a notícia de que a direção do Flamengo vem estudando ter uma “filial Rubro-Negra” na Europa. Um dos clubes mais falados, foi o Tondela, mas não há nada confirmado. A expectativa da Maior Torcida do Mundo é saber se o clube português trocaria de nome, mas, em entrevista ao Venê Casagrande, o vice-presidente de finanças, Rodrigo Tostes, disse que esta não é a ideia inicial, mas que a alternativa será estudada por profissionais especializados.


— A nossa visão é que sim (que tenha o nome Flamengo), mas a gente não sabe como. Isso precisa ser estudado por gente competente, que saiba fazer esse tipo de análise, mas já adiantaria que trocar o nome do time não é o que a gente pensa. Se eventualmente a gente for para essas alternativas, a gente está falando em adicionar, e não em tirar o nome do clube.

— Por que? Clubes em Portugal, clubes em países europeus são centenários, diferente dos Estados Unidos, por exemplo, são centenários, você não pode chegar lá e trocar o nome do clube, ninguém nunca fez isso, não seria positivo a gente fazer isso. Então, a gente vai ter que fazer um trabalho que o clube mantenha sua identidade e a gente está estudando isso, de como fazer, tem gente especializada que vai ser contratada pra isso e como a gente agrega a marca Flamengo, traz a torcida do Flamengo, engajamento do Flamengo, sem perder aquilo que tem lá —, disse.



Tostes confirmou que o Tondela, de Portugal, foi um dos clubes visitados, mas disse que o objetivo foi para conhecer a instituição, debater o tema para saber como seria a receptividade para uma possível parceria ou aquisição no futuro. Os torcedores do clube já se manifestaram contra a ideia e o dirigente, mais uma vez, deixou claro que não tem o objetivo de chegar e mudar tudo.

— A gente não vai chegar lá e tomar o clube, não é essa a ideia, tem uma comunidade, tem os fãs do clube, pode ser médio, pequeno, grande, a gente tem que encontrar um caminho de forma devagar, passo a passo, chegando e trabalhando junto com o clube porque senão, o Flamengo também perde —, finalizou Tostes.



- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário