quinta-feira, 26 de agosto de 2021

Pra Felipão, goleada do Flamengo sobre seu time teve um fator determinante




ESPN: A noite de Copa do Brasil foi recheada na Arena, em Porto Alegre. Nesta quarta-feira (25), o Flamengo visitou o Grêmio pela ida das quartas de final e, mesmo com um a menos durante a maior parte do tempo, venceu por 4 a 0, com gols de Bruno Viana, Michael, Rodinei e Vitinho.



Após a partida, o técnico Luiz Felipe Scolari colocou a forma como o seu time recebeu o primeiro gol do adversário como fator determinante da derrota. “O que determinou nosso fracasso foi o primeiro gol do Flamengo. Uma bola em escanteio, uma situação em que nós estamos muito bem trabalhados, que nós não tomamos nenhum gol nesse tipo de ataque do adversário”.

“E, neste momento, nós jogando 11 contra 10, fazendo o primeiro tempo em que fizemos muito bem, tomamos aquele gol, eu acredito que todo mundo desarvorou. Eu acredito que todos imaginando que tínhamos que empatar. Tivemos a oportunidade de empatar e não conseguimos, a bola foi na trave”, disse.



“Mas depois, o Flamengo foi amplamente superior. Tentamos fazer algumas mudanças, porque perdido já estava, e não conseguimos ditar o jogo. Flamengo foi superior no contra-ataque, trabalhando a bola nos erros primários que tivemos. Acredito que o que influenciou isso foi o primeiro gol, que nos tirou de concentração”, completou.

Por fim, o comandante ainda assumiu toda a culpa pela goleada. “Total (culpa minha). Eu que escalei, que substitui. Se tem alguém culpado, em princípio, sou eu. É normal, eu sou o treinador, faço minhas escolhas, bem ou mal, mas faço”.



“Penso o jogo, em alguns momentos de colocar esse ou aquele para mudar uma situação. Se, às vezes, dá certo, ótimo, se não, sou o treinador e assumo a responsabilidade”, finalizou.

O jogo de volta acontecerá no Maracanã, no próximo dia 15 de setembro. O Flamengo joga por um empate para avançar ou podendo perder por três gols de diferença. Qualquer vitória do Grêmio por quatro gols de diferença leva duelo para a disputa por penalidades.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário