domingo, 9 de maio de 2021

Gabigol entra na briga pela artilharia do futebol brasileiro em 2021




Dez jogos e 11 gols. A média de Gabriel Barbosa, que já havia sido excelente em 2019 e em 2020 - seus primeiros anos de Flamengo -, está ainda melhor neste início de temporada 2021. Com os dois tentos anotados sobre o Volta Redonda, neste sábado, na goleada por 4 a 1 que colocou o Rubro-Negro na final do Carioca, o camisa 9 passou a ter um rendimento superior a um gol por jogo.

De quebra, Gabigol encostou nos líderes da artilharia da elite do futebol brasileiro em 2021. Entre os jogadores das equipes que disputarão a Série A, apenas dois estufaram as redes mais vezes: o experiente Diego Souza, de 35 anos de idade, que vem defendendo o Grêmio, e o jovem Pedro Perotti, de 23, destaque da Chapecoense no primeiro semestre. Ambos marcaram 12 vezes.


Desde o seu retorno da Europa que Gabi figura entre os maiores goleadores do país. Em 2018, pelo Santos, marcou 27 gols e foi o artilheiro do ano entre os atletas da primeira divisão. Na temporada seguinte, já no Flamengo, repetiu a dose, mas com ainda mais eficiência: 43 bolas na rede. Em 2020, novamente 27 tentos, sendo superado somente por Diego Souza, que fez um a mais. Agora, mais uma vez, o atacante aparece forte na disputa.

ARTILHEIROS DO BRASIL EM 2021 - Jogadores de times da Série A

1º - Diego Souza - Grêmio - 12 gols
Pedro Perotti - Chapecoense - 12 gols
3º - Gabigol - Flamengo - 11 gols
4º - Gilberto - Bahia - 9 gols
5º - Fred - Fluminense - 8 gols
6º - Zé Roberto - Atlético-GO - 7 gols
Pedro - Flamengo - 7 gols
Ferreirinha - Grêmio - 7 gols
Thiago Galhardo - Internacional - 7 gols
10º - Roberson - Atlético-GO - 6 gols
Hulk - Atlético-MG - 6 gols
Élton - Cuiabá - 6 gols
Yuri Alberto - Internacional - 6 gols
Mikael - Sport - 6 gols

- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Fonte: https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/lancepress/2021/05/09/gabigol-entra-na-briga-pela-artilharia-do-futebol-brasileiro-em-2021.htm
Imagem: Redes sociais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário