terça-feira, 23 de março de 2021

Flamengo aposta na longevidade e soma 9 jogadores com mais de 100 jogos



No Flamengo , antiguidade é posto. E também sinônimo de títulos. Em tempos de vaivém insano no mercado da bola , o bicampeão brasileiro aposta na longevidade e já soma nada menos que nova jogadores que passaram da casa dos 100 jogos com a camisa do clube.


Na Gávea desde 2016, Willian Arão é quem mais vestiu o manto sagrado no elenco atual. Com 288 jogos, o camisa 5 encarou cobranças, esteve perto de sair, mas coleciona taças. Aos 29 anos, Arão simboliza um Fla que apostou na identidade para vencer.

"Isso simboliza sucesso como jogador e pessoa. É um sonho realizado diariamente, é o mais alto nível na sua profissão. Jogar no Flamengo te exige muito e, por muito tempo, requer um mental muito forte. Alcançar isso é sucesso na carreira. Não significa que estou satisfeito, pois acredito que tenho muitas coisas para conquistar com essa camisa e meu desejo de vencer e de fazer mais história só aumenta", disse ao UOL Esporte o volante, que completou:



"É um privilégio jogar aqui por tantos anos e conquistar tantas coisas nesse clube. Eu quero mais."

Com oito títulos pelo Rubro-Negro, Arão puxa a fila de uma lista de peso na Gávea. Além dele, Everton Ribeiro (219), Diego (211), Renê (173), Diego Alves (160), Vitinho (132), Bruno Henrique (115), Gabigol (102), Arrascaeta (102) integram o 'Clube dos 100' .

Além deste grupo selecionado de rubro-negros com uma lista extensa de serviços prestados, o clube já se prepara para homenagear outros atletas que logo estarão presentes nessa seleta lista. Próximos desta marca centenária estão nomes como Rodrigo Caio (94), Gerson (93) e Filipe Luís (72), que devem cumprir o objetivo nesta temporada.



"Não é fácil ver tantos jogadores em um curto espaço de tempo passando dos 100 jogos com a camisa de um clube. São jogadores cascudos, pois não é fácil jogar aqui. É uma pressão grande e uma concorrência interna muito grande. Isso passa também pela qualidade dos jogadores, que são dos melhores do país em cada posição. E quanto mais tempo de casa, mais você entende o clube, como funcionam as cobranças, as prioridades e as pessoas. A longevidade ajuda, mas sem a qualidade individual e coletiva o sucesso seria quase impossível", acrescentou Arão.

Olho no Botafogo

Após a vitória por 4 a 1 sobre o Resende , o Flamengo se prepara para o clássico de amanhã (24) contra o Botafogo , às 21h35, no estádio Nilton Santos.

A tendência é que o técnico Rogério Ceni siga de fora, assim como os jogadores que ainda não estrearam na temporada. Hoje (23), os rubro-negros retomam os trabalhos a partir de 9h, no Ninho do Urubu. O elenco segue dividido em dois e o técnico Maurício Souza, do sub-20, comanda os trabalhos com os jogadores que já estão na ativa.


- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: Uol

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário