sábado, 16 de janeiro de 2021

Após denúncia, Bandeira de Mello diz que acusação do MP-RJ é absurda



Após ser denunciado pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) pela tragédia no CT Ninho do Urubu, o ex-presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, se pronunciou sobre a acusação e divulgou uma nota lamentando o fato de ter sido responsabilizado pelo crime que provocou a morte de dez jovens atletas em 2019.



No pronunciamento, Bandeira alega que todas as apelações realizadas pela defesa dele durante a investigação foram rechaçadas e caracterizou a denúncia uma "profunda injustiça" e "absurda".

"Sabe-se lá a razão, mas a verdade é que a investigação ignorou todas as petições de minha defesa, solicitando produção de provas, bem como também ignorou tudo o quanto fora descoberto pela imprensa, numa linha que poderia ajudar a se chegar à verdade dos fatos. Ao que tudo indica, a investigação simplesmente se preocupou em encontrar um 'culpado' pré determinado, de maneira conveniente para alguns", diz um trecho da nota.



Ontem (16), o MPRJ denunciou 11 pessoas pelo incêndio no CT Ninho do Urubu, entre eles, o ex-presidente Bandeira. O poder público entende que houve irregularidades e descumprimento de normas técnicas que, então, provocaram o acidente. A pena aos acusados, se considerados culpados pela Justiça, é de 1 ano e 4 meses a 4 anos, com aumento de pena de um sexto até a metade, em regime semiaberto.

Confira na íntegra a nota emitida por Eduardo Bandeira de Mello:

"É com profunda decepção e perplexidade que tomo conhecimento da denúncia do MP me atribuindo responsabilidade pela lamentável tragédia e pelas mortes das crianças no Ninho do Urubu, fatos ocorridos quando já não era mais presidente do clube.



Ao longo do nosso mandato, as condições de habitabilidade e de trabalho dos nossos atletas da base foram melhoradas - condições estas que o próprio MP conhecia, acompanhava e concordava - deixando ao fim de dezembro de 2018 os meninos já ocupando as novas e definitivas instalações, as melhores existentes no Brasil.

Sabe-se lá a razão, mas a verdade é que a investigação ignorou todas as petições de minha defesa, solicitando produção de provas, bem como também ignorou tudo o quanto fora descoberto pela imprensa, numa linha que poderia ajudar a se chegar à verdade dos fatos.



Ao que tudo indica, a investigação simplesmente se preocupou em encontrar um 'culpado' pré determinado, de maneira conveniente para alguns".

Tenho certeza de que em juízo minha defesa demonstrará essa profunda injustiça e o Poder Judiciário afastará definitivamente essa imputação absurda.

Reitero minha total confiança nas instituições do nosso país e reforço que nesse processo nada é mais importante do que a tentativa de minimizar a dor das famílias que foram destroçadas por essa tragédia e, mais uma vez, apresento minha incondicional solidariedade".



- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/2021/01/16/apos-denuncia-bandeira-de-mello-diz-que-acusacao-do-mp-rj-e-absurda.htm

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário