sábado, 17 de outubro de 2020

VP do Flamengo lamenta que MP do Mandante tenha perdido validade, mas afirma: “Esse filme não acabou”



Através das redes sociais, Rodrigo Dunshee lamentou que a MP do Mandante não tenha sido votada pelo Congresso Nacional. Sendo assim, o vice–presidente geral e jurídico do Flamengo acredita que uma grande oportunidade de mudar o futebol brasileiro foi perdida. Apesar da campanha de vários clubes do país, a Medida Provisória 984 não foi transformada em lei e acabou caducando.



Mesmo assim, o dirigente rubro-negro acredita que a história ainda não acabou. Portanto, em 2021 o presidente Jair Bolsonaro pode reeditar a MP. Portanto, o tema deve voltar a ser debatido no próximo ano, e as esperanças que ocorram mudanças permanentes nos direitos de transmissão no Brasil seguem vivas.

“A MP do mandante perdeu a validade dia 15, por não ter sido votada a tempo no Congresso. Perdemos uma oportunidade histórica, mas tenho certeza que esse filme não acabou. A lei do mandante é a base da mudança. Liberdade é o marco zero“, escreveu.





Assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no dia 18 de junho, a MP do Mandante gerou uma revolução temporária no país. Diante disso, a Globo acabou rescindindo o contrato do Campeonato Carioca, e os direitos da final do torneio foram adquiridos pelo SBT. No entanto, maiores conflitos, por enquanto, estão paralisados.


- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: https://www.torcedores.com/noticias/2020/10/vp-flamengo-mp-mandante-historia-nao-acabou

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário