terça-feira, 8 de setembro de 2020

Marcos Braz recusa convite para ser vice-prefeito na chapa de Eduardo Paes



Vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz passou a ter seu nome ligado à política do Rio de Janeiro nos últimos meses. O atual dirigente rubro-negro vinha sendo cotado para sair como vice-prefeito na chapa encabeçada por Eduardo Paes, hipótese que acabou descartada. Apesar disso, ainda existe chance de que Braz seja candidato a vereador na capital. A informação foi divulgada inicialmente pela repórter Gabriela Moreira, do ge.


Ainda de acordo com a jornalista, a decisão de Marcos Braz aconteceu por conta da demora do DEM em definir qual partido iria compor a chapa. Com isso, o dirigente do Fla comunicou a decisão na semana passada diretamente para o presidente regional do partido, Altineu Côrtes. Além disso, vale destacar que a decisão de Braz não está relacionada ao cumprimento de mandado de busca e apreensão na casa de Eduardo Paes.


– O episódio de hoje (terça-feira) não muda. Com todo respeito que temos ao trabalho do Ministério Público e da Justiça e que devem ser apurados, isso não muda nossa intenção de fazer a aliança -, afirmou Altineu ao Globo Esporte

Marcos Braz retornou à diretoria do Flamengo em 2019, quando Rodolfo Landim assumiu a presidência do clube. O vice-presidente é apontado como um dos principais responsáveis pelo sucesso do clube. Como dirigente do Rubro-Negro, Braz como principais títulos: Campeonatos Brasileiros (2009 e 2019), Libertadores da América (2019), Supercopa do Brasil (2020), Recopa Sul-Americana (2020).


Fonte: https://colunadofla.com/2020/09/dirigente-do-flamengo-marcos-braz-recusa-convite-para-ser-vice-prefeito-na-chapa-de-eduardo-paes/

CURTA NOSSA PÁGINA




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário