quarta-feira, 1 de julho de 2020

Dirigente do Flamengo reconhece impacto da pandemia, mas não descarta ‘grandes contratações’ a médio prazo



A pandemia do novo coronavírus afetou empresas de todo o mundo na questão financeira. Nos clubes de futebol, não foi diferente, com quedas de receitas em diversos aspectos. O Flamengo, mesmo com toda a estabilidade, teve que fazer novos planejamentos e adequar ao problema. Apesar disso, o clube parece confiante e seguro de que, em breve, poderá retornar a seu ‘modus operandi’, como indica o vice-presidente de finanças Rodrigo Tostes.


Presente na gestão do Flamengo entre 2013 e 2015, Tostes retornou ao clube neste ano, após Wallim Vasconcellos deixar o cargo. Nesta semana, o dirigente concedeu entrevista à ESPN e, quando questionado sobre o impacto da pandemia em futuras contratações, Tostes apresentou uma visão confiante a médio-longo prazo.


– Eu acho que não (vai impedir de fazer grandes contratações no futuro). Tudo vai depender de como a gente vai terminar o ano. Dentro desse ano não dá para se falar nada disso. Se por acaso o Flamengo teve baques aqui, os outros clubes lá também tiveram. Então acho que houve uma redução do valor do negócio como um todo, em todos os lugares -, disse ele, antes de completar:

– Acho que com as ações que a gente está tomando, não vou dizer que a gente sai mais forte, mas a gente sai tão protegido quanto a gente estava antes. Na mesma situação que a gente estava antes. Neste ano acho que não. Neste ano, acho que está fora de questão. Mas acho que ano que vem, se a gente tiver êxito como a gente teve êxito ano passado. Isso traz mais prêmios, mais patrocinador, traz esse espiral para cima de receita. Então acho que a gente vai estar tão forte como estava no início do ano passado.


Fonte: https://colunadofla.com/2020/07/dirigente-do-flamengo-reconhece-impacto-da-pandemia-mas-nao-descarta-grandes-contratacoes-a-medio-prazo/

CURTA NOSSA PÁGINA




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário