quarta-feira, 17 de março de 2021

Mesmo com seis atacantes, Flamengo vê desequilíbrio no setor e busca opções no mercado



A cada nova temporada, o Flamengo tem ratificado a condição de elenco mais valioso do Brasil, com grandes investimentos e alta folha salarial. No recheado plantel, há diversos jogadores com passagens por seleções, títulos individuais e coletivos de grande relevância. No ataque, por exemplo, há atletas como Pedro, Gabigol e Bruno Henrique. Apesar disso, a comissão técnica e a diretoria entendem que existe um desequilíbrio no setor.


Atualmente, das seis opções apresentadas no elenco principal, apenas metade passa confiança e se apresenta como unanimidade no clube. Enquanto isso, Vitinho e Michael sofrem por não conseguirem render o que se esperava quando chegaram.  Além disso, o outro nome é o de Rodrigo Muniz, centroavante de apenas 19 anos, que ainda está em processo de transição.

Com tais problemas, uma das prioridades do Flamengo no mercado é justamente a contratação de um atacante que jogue pelos lados. Neste cenário, inclusive, o jovem Victor Sá, do Wolfsburg-ALE, foi oferecido e tem tratativas em período inicial com o Rubro-Negro. A ideia é tê-lo por empréstimo, como forma de conciliar a necessidade esportiva com a capacidade financeira.



Enquanto não consegue contratar, o Flamengo busca uma solução caseira entre os garotos, porém, até então, não houve sucesso. Nos três primeiros jogos do Carioca, Thiago Fernandes e Lázaro receberam oportunidades nas pontas, mas não conseguiram destaque. Gabriel Barros, também do sub-20, chegou a ser acionado, porém, não teve minutos suficientes. Neste cenário, o Fla volta a campo às 21h da sexta-feira, contra o Resende, pela quarta rodada do estadual, e os jovens terão mais uma chance para mostrar que podem solucionar a atual carência.


- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: https://colunadofla.com/2021/03/mesmo-com-seis-atacantes-flamengo-ve-desequilibrio-no-setor-e-busca-opcoes-no-mercado/

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário