domingo, 8 de novembro de 2020

Gerson lembra quando recusou ligações de Jesus para ir ao Flamengo e esclarece polêmica com seleção



Gerson foi peça-chave no Flamengo campeão de praticamente tudo em 2019. Poderia ter sido diferente, porém: o meio-campista recusou ligações de Jorge Jesus duas vezes, sem saber, quando o português tentava convencê-lo a retornar ao futebol brasileiro.



“Meu pai me falou: ‘Olha, talvez você vai para o Flamengo’. Falei: ‘Mentira’. Recebi uma ligação, número desconhecido. E eu não atendo número desconhecido. Aí me ligaram direto no Whatsapp. No Whatsapp, ainda mais. Não atendo mesmo”, contou em entrevista à TV Globo.

“Aí me deu uma coisa e olhei quem estava ligando. Quando abri, vi a foto. Estava escrito Jorge Jesus no contato. Pensei: ‘Vou esperar, vamos ver se liga de novo’. E ele me falou: ‘Você não faz parte dos planos lá (na Fiorentina), mas faz dos meus”, seguiu, ao programa Esporte Espetacular.



Gerson, então, aceitou a proposta do Flamengo e foi titular nas conquistas de Campeonato Brasileiro e Conmebol Libertadores . O meio-campista foi só elogios a Jesus.

“O Mister teve tempo, ele era muito, como posso dizer, focado nas coisas dele. Ele tinha uma ideia. Para ele, vai ser essa ideia que vai ser o certo e como vamos vencer o jogo. E, no final, acontecia. Não sei o que aquele velho tinha”, brincou Gerson.

Para o jogador, contudo, a principal diferença para Domènec Torrent, substituto do português após seu retorno ao Benfica , é o tempo de trabalho.



“O Dome chegou, veio a pandemia. Não está conseguindo encaixar os treinos, é muito vídeo. Mas é um grande treinador, tem grandes ideias, que estamos começando a entender. Mas ainda não teve muito tempo. E você vê que é um grande treinador. Mesmo sem muito tempo, está conseguindo implementar um trabalho”, elogiou.

Seleção brasileira

Apesar do destaque que conseguiu pelo Flamengo, Gerson nunca foi chamado por Tite para a seleção brasileira . Muitos atribuem isso a uma suposta recusa do meio-campista em defender o time sub-23 no Pré-Olímpico, no início de 2020 – ele estava de férias do clube rubro-negro.



“As pessoas falam muito sem saber. Botam na imprensa, um negócio desse tamanho vira de outro”, iniciou, antes de contar sua versão da história. “Não lembro quem me mandou mensagem, se identificou. Eu estava ocupado, falei: ‘Posso falar daqui a pouco’. ‘Beleza, tranquilo, quando puder me chama’. Eu estava com meu pai, avisei: ‘Um cara me ligou aqui, é da seleção’. Meu pai entrou em contato com ele. Ele perguntou: ‘Queria saber como o Gerson está, de cabeça, estamos pensando em levar ele... Eu nem cheguei a ser convocado”.

Gerson não nega, porém, que espera ser lembrado por Tite para vestir a camisa verde e amarela.

“Quando sai a convocação, se falar que não, estou mentindo. Claro que a gente tem um pouco de esperança, é o sonho de todo jogador vestir a camisa de seu país. Já vesti na base, mas o sonho é a principal. Até hoje não fui convocado, mas vou continuar trabalhando para um dia ter essa oportunidade.”


- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: Espn

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário