quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Em súmula, árbitro explica motivo de expulsão de Natan que estava no banco de reservas



Por Venê Casagrande | O Dia: O Flamengo foi até a Argentina e empatou em 1 a 1 com o Racing no primeiro jogo das oitavas de final da Libertadores da América. O Rubro-Negro, entretanto, terminou o jogo com dois cartões vermelhos, que foram aplicados para Matheus Thuler, aos 35 do segundo tempo, após entrada forte em Lisando Lópes, e para Natan, jovem defensor que estava como opção no banco e foi para o vestiário mais cedo por reclamação.



Segundo o árbitro da partida, Alexis Herrera, Natan levou vermelho por ter xingado a arbitragem. De acordo com a justificativa do venezuelano na súmula, o jovem zagueiro chamou o dono do apito de "filho da puta".

"Gritar palavras e fazer gestos insultando a arbitragem. 'Arbitro filho da puta'", relatou Alexis na súmula, segundo apurou a reportagem no jornal O Dia.

O Flamengo retornou ao Rio de Janeiro na madrugada desta quarta-feira e se reapresenta na quinta-feira para iniciar os trabalhos visando ao confronto com o Racing na próxima terça-feira, no Maracanã, às 21h30, quando as equipes irão decidir a vaga às quartas da Libertadores.


- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte:

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário