quarta-feira, 18 de novembro de 2020

Dinheiro em caixa e cartão de crédito sob controle no Flamengo



Embora a diretoria do Flamengo admita a possibilidade de eventualmente fechar 2020 com déficit, há relativa tranquilidade quanto ao cenário macro das finanças do clube. O indicador para isso é o caixa: ao fim de setembro, o clube registrava R$ 73,3 milhões. Sobretudo em ano de pandemia, esse montante é relevante para custeio das despesas correntes, como salários e pagamentos de fornecedores.


Em reunião recente da diretoria do Flamengo, veio o comentário na linha: em uma casa na qual é preciso “segurar as pontas”, não adianta fazer compras no cartão de crédito. Por isso, o clube não perde o controle dos empréstimos . O Fla usou parte dos R$ 45 milhões emprestados pelo Banco BRB para quitar parcelas com o Banco Daycoval, que iriam até dezembro de 2021 (a dívida original era de R$ 50 milhões). O que o Fla precisa liquidar até o fim de 2020 é a linha de crédito junto à CBF: R$ 12 milhões, sem juros. Ao fim de setembro, a pendência era de R$ 7,2 milhões.
- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: https://blogs.oglobo.globo.com/dinheiro-fc/post/flamengo-dinheiro-em-caixa-e-cartao-de-credito-sob-controle.html

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário