quarta-feira, 30 de setembro de 2020

Flamengo espera licitação de 35 anos do Maracanã e tem plano para gramado ‘da Copa do Catar’



Por Higor Neves | Coluna do Fla: Sem planos de construir um estádio próprio, o Flamengo foca e planeja o seu futuro cada vez mais ligado ao Maracanã. Atualmente, o clube busca assumir a gestão do estádio em uma licitação de 35 anos, com moldes similares à que o Botafogo tem no Engenhão. Mesmo sem a certeza de que conseguirá se manter à frente do templo do futebol carioca por tanto tempo, o Fla tem planos para médio/longo prazo. Um deles, por exemplo, é a implementação de gramado com tecnologias similares às que serão usadas na Copa do Mundo do Catar, em 2022. A mudança para o gramado híbrido – com partes naturais e outras sintéticas – também é estudada.





A Greenleaf, empresa responsável pela manutenção da grama do Maracanã, está à frente também do trabalho em cinco dos oito estádios que serão utilizados no próximo mundial. Em meio a este cenário, já existe, inclusive, um ‘intercâmbio’ de práticas e tecnologias na implantação e cuidados com os gramados.


Vale destacar que, atualmente, a grama usada no Maracanã é do tipo Bermudas Celebration, mesmo tipo utilizado em estádios como Mineirão e Mané Garrincha. Essa espécie de grama conta com uma peculiaridade que pode colaborar para uma boa fixação e estabilização nos próximos meses: a Bermudas Celebration tem uma maior necessidade de iluminação intensa – o que, obviamente, se torna mais fácil no verão.





Atualmente, o Flamengo já tem utilizado recursos artificiais e tecnologias para compensar os déficits naturais e arquitetônicos do estádio. Um deles é a inserção de luzes que simulam os raios solares, artifício que clubes como Real Madrid e Barcelona adotaram, respectivamente, no Santiago Bernabeu e no Camp Nou. Além disso, há também um sistema de irrigação entre os mais modernos do mundo, com 54 aspersores no gramado, com ativação individual, podendo assim focar em áreas específicas que necessitam de maiores cuidados.


GRAMADO HÍBRIDO

A grama híbrida é uma solução que já tem sido utilizada no Brasil, mais especificamente, na Arena do Corinthians, que apresenta um dos melhores tapetes do país. Contudo, é importante destacar que existe uma tecnologia de resfriamento de solo no estádio do clube paulista, que consegue abaixar a temperatura em 13°c, possibilitando assim a implementação de uma grama de inverno, costumeiramente usada por clubes europeus – esse tipo tem menor necessidade de luz solar e, consequentemente, maior facilidade para manutenção.


- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: https://colunadofla.com/2020/09/flamengo-espera-licitacao-de-35-anos-do-maracana-e-tem-plano-para-gramado-da-copa-do-catar/

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário