terça-feira, 28 de julho de 2020

Carvalhal fala sobre o principal fator que o fez decidir permanecer na Europa



Na mira do Flamengo, o técnico Carlos Carvalhal era uma das maiores apostas do vice-presidente de futebol do Rubro-Negro, Marcos Braz, e do diretor executivo, Bruno Spindel. Entretanto, na última segunda-feira (27), o jornais ‘A Bola’ e ‘O Dia’, afirmaram que o treinador fechou com o Braga, de Portugal. Em entrevista exclusiva ao Sky Sports, todavia, o português comentou sobre quais questões ele leva em conta na hora de decidir seu futuro.


Segundo Carvalhal, a pandemia mundial causada pelo novo coronavírus, é um fator a ser levado em consideração neste momento, devido ao cenário atual. Para o treinador, a decisão vai além do futebol, pois ele tem que pensar em como proteger sua família ao mesmo tempo em que pensa em dar um passo importante em sua carreira.


— Precisamos viver com a realidade e minha decisão não será apenas sobre futebol. Vou tentar antever o que acontecerá com o coronavírus em outubro, novembro e dezembro. Vou tentar encontrar a melhor maneira de dar um próximo passo importante no minha carreira, mas ao mesmo tempo proteger minha família -, disse.

De acordo com a imprensa portuguesa, o treinador encontrou os dirigentes rubro-negros na última segunda e, apesar de ter ficado agradecido com o convite, Carvalhal alegou não ter planos de morar no Brasil neste momento. A forma como o governo brasileiro vem tratando o surto pandêmico da Covid-19 tem sido bastante criticado no exterior e isso teria influenciado na decisão do treinador que tem pais idosos e dois filhos com diabetes.


Fonte: https://colunadofla.com/2020/07/95-dos-tecnicos-do-mundo-aceitariam-garante-carvalhal-sobre-possibilidade-de-treinar-o-flamengo/

CURTA NOSSA PÁGINA




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário