quinta-feira, 23 de abril de 2020

“Não houve irresponsabilidade nenhuma”, afirma Bandeira sobre incêndio no Ninho do Urubu



O ex-presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, afirmou na última segunda-feira (20) que não haveria o incêndio que matou 10 jogadores de base no CT Ninho do Urubu se ainda fosse mandatário do Rubro-Negro. Em nota, o clube rebateu e repudiou a declaração feita.


Já nesta quinta-feira (23), Bandeira concedeu entrevista ao programa “Fox Sports Rádio” e afirmou que “não houve irresponsabilidade” por parte do Flamengo na ocasião.

— Ontem você falou que a nossa atitude se comparava à alguém que dirige bêbado, atropela e mata uma pessoa. Acho que você foi extremamente injusto comigo. Talvez você não tivesse todas as informações que estou dando agora, que o CT já estava pronto, que nunca houve multa dos bombeiros … A gente sabe das dificuldades de aprovar um laudo definitivo dos bombeiros quando há uma obra e uma instalação em funcionamento no mesmo terreno. Mas o fato é que não houve irresponsabilidade nenhuma, não houve crime nenhum -, afirmou Bandeira, se dirigindo ao comentarista Mano.

O incêndio no CT Ninho do Urubu, o centro de treinamento do Flamengo, que deixou 10 adolescentes mortos e três feridos, completou um ano no dia 7 de fevereiro. A tragédia ocorreu durante a madrugada, no alojamento das categorias de base, que ficava ao lado do módulo dos profissionais. Os processos judiciais ainda seguem em andamento, porém, por conta da pandemia do novo coronavírus, serão adiados.


Fonte: https://colunadofla.com/2020/04/nao-houve-irresponsabilidade-nenhuma-afirma-bandeira-sobre-incendio-no-ninho-do-urubu/

Curta nossa Página






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário