Com hat-trick de Pedro, Fla atropela o Veléz e abre grande vantagem para a final da Libertadores, veja os melhores momentos




O Vélez Sarsfield ter queimado e danificado o gramado do Estádio José Amalfitani antes de receber o Flamengo causou revolta de dirigentes, jogadores e torcedores. Mas depois que os times entraram em campo, a ação pode ser considerada uma medida desesperada. Já era de se esperar que o rubro-negro seria favorito, mas o que se viu foi um baile na Argentina. Goleada por 4 a 0 ontem para colocar a equipe do técnico Dorival Júnior com quase os dois pés em sua terceira final de Libertadores nos últimos quatro anos.

O jogo de volta será no próximo dia 7, no Maracanã. O Flamengo pode perder por até três gols de diferença que estará na decisão. Mas, convenhamos, é muito improvável que o rubro-negro não esteja na final desta Libertadores. Resta saber se diante Palmeiras ou Athletico.

Porque poucas vezes se viu uma semifinal de Libertadores tão desequilibrada quanto a este Flamengo e Vélez Sarsfield. Na verdade, os argentinos não levaram vantagem em nenhum dos quatro pilares que moldam uma partida de futebol. O rubro-negro ser superior tecnicamente não surpreende, mas nem mesmo a parte tática — famosa entre as equipes argentinas — esteve em dia. Fisicamente e mentalmente, o Flamengo também se mostrou mais inteiro e pronto para engolir o adversário na menor das possibilidades.

Quando Pedro abriu o placar aos 32 minutos, a sensação de desespero vista no rosto dos torcedores do Vélez já mostrava que a semifinal estava decidida. Quando Everton Ribeiro marcou o segundo, antes do intervalo, o mais otimista torcedor do Flamengo já estava procurando o preço das passagens para viajar até Guayaquil, no Equador, onde será a final.

O pagamento foi feito quando Pedro, no início da segunda etapa, marcou o terceiro para o Flamengo. Todos os gols foram com extrema facilidade, o que deixa a atuação ainda mais impressionante. No quarto do rubro-negro e terceiro marcado pelo camisa 21 no jogo, começou a ficar vergonhoso para os argentinos.

Poderia ainda ter sido por um placar maior. Gabigol perdeu uma chance inacreditável. Hoyos fez grandes defesas. O certo é que só um milagre do Vélez tira o Flamengo da final da Libertadores.

Veja os melhores momentos:



Fonte: Extra
Imagem: Divulgação

- // -

Clique aqui para ver mais notícias do Fla

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.