sexta-feira, 8 de julho de 2022

Mauro Cezar: Time do Flamengo mudou, o papo de 2019 tem que acabar de vez




Uol: O Flamengo comandado por Dorival Júnior aplicou uma goleada por 7 a 1 sobre o Tolima para confirmar o avanço às quartas de final da Libertadores e muitos torcedores voltaram a se empolgar com a atuação do time, mas para Mauro Cezar Pereira a comparação com a equipe comandada por Jorge Jesus em 2019 já não cabe mais devido a tantas mudanças. 



No podcast Posse de Bola #243, o colunista do UOL cita as mudanças na escalação, as saídas de jogadores importantes daquele time do Flamengo campeão da Libertadores e a chegada de novas peças para mostrar que a equipe rubro-negra atual é bem diferente, com poucos remanescentes entre os titulares. 

"É interessante observar também que o time está muito mudado, aquele papo de 2019 tem que acabar de vez. O goleiro mudou, o lateral direito foi embora, dos zagueiros só tem um que ficou, que não jogou essas partidas, que foi o Rodrigo Caio, o lateral esquerdo jogou agora, mas está se despedindo, que é o Filipe Luís, aliás, é até questionável que ele seja titular", diz Mauro. 



"No meio-campo não tem mais Gerson, não tem mais o Diego Ribas, que jogou várias partidas, o Arão está perdendo espaço, o Bruno Henrique está machucado. Daquele time vão ficar Rodrigo Caio, Everton Ribeiro, se não perder posição amanhã ou depois, Arrascaeta e Gabigol", completa.

Do time de 2019, o goleiro Diego Alves perdeu a titularidade, o lateral Rafinha está hoje no São Paulo, Pablo Marí joga pelo Arsenal, da Inglaterra, Gerson está no Olympique de Marselha, Willian Arão segue no elenco, mas com a possibilidade de saída, assim como Diego Ribas e Filipe Luís. Enquanto isso, Pedro volta a ganhar espaço e já chegaram. O goleiro Santos, o zagueiro Pablo, o lateral Ayrton Lucas, além de Arturo Vidal e Everton Cebolinha já estarem contratados. 

"Três ou quatro jogadores, no máximo, em alguns momentos, quando não jogar o Rodrigo Caio e o Everton Ribeiro, talvez restem apenas o Arrascaeta e o Gabigol até o Bruno Henrique voltar. Então o time já é outro, não é mais aquele time de 2019", conclui.

- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário