quinta-feira, 28 de julho de 2022

Governo do Rio lança edital para licitação do Maracanã




GE: O Governo do Rio anunciou na noite desta quarta-feira o lançamento do edital para definir com quem ficará a concessão do complexo do Maracanã pelos próximos 20 anos. A licitação vai ocorrer no dia 27 de outubro.



O vencedor da concessão vai poder explorar todo o Complexo do Maracanã, que compreende o estádio de futebol e o ginásio do Maracanazinho.

Flamengo e Fluminense, atuais administradores, desejam continuam no controle do complexo. O Vasco também já expôs o interesse de participar da administração do Maracanã.



Inclusive, o desejo do Cruzmaltino de mandar partidas da Série B no estádio tem gerado conflitos com a dupla Fla-Flu. O episódio mais recente foi a negativa do Consórcio Maracanã para o Vasco utilizasse o estádio no jogo contra a Chapecoense, no próximo domingo, na estreia do reforço Alex Teixeira. O jogo acontecerá em São Januário. Anteriormente, o Vasco ganhou na Justiça o direito de jogar no Maracanã contra o Sport.

Uma das exigências contidas no edital é a necessidade de realização de ao menos 70 jogos de futebol no estádio do Maracanã - 54 deles em competições nacionais, como Série A e B do Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil, e internacionais, como Libertadores da América e Sul-Americana. Além de 12 eventos anuais para o Maracanãzinho - olímpicos ou não.



A regra que impõe um mínimo de 70 jogos na agenda anual do estádio foi discutida em Audiência Pública realizada em outubro de 2021. Na ocasião, o secretário da Casa Civil Rio, Nicola Miccione, afirmou que o dispositivo seria uma forma de dar "protagonismo" aos clubes de futebol. Já que uma empresa interessada na concessão teria de fechar parceria antecipadamente com um ou mais clubes para estar habilitada a competir.

Segundo levantamento do Espião Estatístico, em 2021, entre competições nacionais e internacionais, o Flamengo mandou 25 jogos no Maracanã. E o Fluminense, 21. Ou seja, 46 no total. Vale lembrar que o estádio ficou à disposição da Conmebol para a disputa da Copa América.



Outro regra do edital exige ao candidato uma experiência de, no mínimo, três anos na administração de praças esportivas com capacidade a partir de 30 mil pessoas. Será necessária experiência de três anos na gestão e operação de ginásio ou arena multiuso com capacidade mínima de cinco mil pessoas.

Mais detalhes dos requisitos para a concorrência pelo estádio serão divulgados pelo Governo do Rio nesta quinta-feira.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário