Como Léo Pereira se reergueu no Flamengo com ajuda de David Luiz e Dorival




Uol: É até estranho analisar que o placar esteja equilibrado, e de uma forma pessoal. E tudo ao redor de Léo Pereira. Agora no Flamengo e com passagem pelo Athletico-PR , o zagueiro vive um 'looping', uma vez que está envolto pela quarta vez em duelos entre os Rubro-Negros. Cariocas e paranaenses começam a decidir, na noite de hoje (27), no Maracanã, vaga à semifinal da Copa do Brasil . O jogador disputou todos estes duelos, e por lados distintos.



Em 2019, ainda pelo Athletico, Léo se classificou. Em 2020 e 2021, já pelo Flamengo, o zagueiro acumulou uma classificação e uma eliminação. A quarta disputa acontece justamente no momento de renascimento do jogador, que vive o melhor momento no clube carioca e, pela primeira vez, se tornou elo forte na zaga após momento de questionamentos na Gávea.

Dorival Júnior fez alguns testes no sistema defensivo, mas logo encontrou a formação ideal: David Luiz e Léo Pereira. A dupla foi utilizada nos jogos decisivos do período — duelos contra Tolima, pela Libertadores e contra o Atlético-MG pela Copa do Brasil. A tendência é que a escalação se repita nesta noite.



"A parceria com o David Luiz tem dado certo. A gente vem fazendo jogos muito bons e sem gols, que é o nosso principal objetivo. Eu tento aproveitar ao máximo a oportunidade que eu tenho com o Dorival e, claro, tento aproveitar o que o David Luiz vem passando para mim. Ele é um jogador de altíssimo nível, tem uma experiência muito grande por causa da Europa e da seleção brasileira . Eu tento colher todas as informações que ele me passa. A parceria vem dando muito certo", comentou Léo Pereira, em entrevistas exclusiva ao UOL Esporte .

Figurinha marcada entre os torcedores, o zagueiro viveu momentos de turbulências com a camisa do Flamengo. No clube desde 2020, Leo desfruta de boa fase e do carinho da torcida somente dois anos e meio depois da apresentação. No entendimento do jogador, sequência e confiança são as chaves deste período, que foi abraçado por Dorival.



"Eu vim com uma responsabilidade bem grande e, quando se trata de um novo clube, tem a adaptação. O Flamengo tem zagueiros qualificados e uma rotatividade de elenco muito grande. A falta de sequência pode ter sido um dos motivos que me fez não ter excelentes atuações. Longe de ficar marcado. A gente sabe que é uma pressão muito grande estar aqui", disse antes de completar:

"Devo muito à chegada do Dorival que, desde que chegou, tem dado confiança para todo mundo. Nosso grupo é muito qualificado e todos que estão jogando estão dando conta do recado. Eu estou vivendo o meu melhor momento no Flamengo. Quero dar continuidade nesse trabalho fazendo ótimas atuações nessa sequência que venho tendo com o Dorival, e ajudar o Flamengo da melhor maneira possível", finalizou.



Léo não foi o único a melhorar o desempenho de forma individual. Pedro foi outro jogador que recebeu atenção especial do treinador e, assim como o zagueiro, se firmou entre os titulares. A chegada do técnico recuperou a confiança do elenco, que traça caminho promissor para a temporada e tem o tira-teima nesta noite contra o Athletico, no Maracanã.

"Somos um time mais organizado e mais agressivo. Temos muita convicção daquilo que tem sido passado. A gente tenta colocar isso em campo, e os números não negam que está dando certo. A gente está indo por esse caminho. Compramos a ideia do Dorival e estamos tentando colocar em prática da melhor maneira possível. Será uma grande partida, um grande espetáculo. Tem tudo para ser um grande jogo. A gente vai respeitar a equipe do Athletico, sabemos da qualidade deles, mas sabemos também da capacidade que nós temos", disse o zagueiro, que continuou:

"Temos humildade e pés no chão. A gente tem evoluído muito, mas não ganhamos nada ainda esse ano. Estamos em três competições e vamos dar o máximo para conquistá-las. Jogo a jogo, pés no chão e passo a passo é esse o caminho para jogar. A gente sabe que se fizermos isso bem feito vamos colher bons frutos. Trabalhando com humildade e pés no chão vamos longe", encerrou.

No individual, vantagem para o zagueiro no confronto. São duas classificações e uma eliminação. Porém, com a camisa do Flamengo, Léo vai a campo dando o primeiro passo para o 'desempate'. O zagueiro acumula uma classificação e uma eliminação contra o Athletico. A resposta, de fato, acontecerá na Arena da Baixada, no dia 17 de agosto.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.