quinta-feira, 9 de junho de 2022

Sem respaldo e sem desempenho: Paulo Sousa se prova mais uma aposta errada da gestão Landim




Lance!: É oficial: chegou ao fim a passagem de Paulo Sousa pelo Flamengo. Contratado para liderar a reformulação no elenco profissional, o treinador mostrou ser mais uma aposta errada da pasta comandada por Marcos Braz e Bruno Spindel - com o aval de Rodolfo Landim.



Segundo técnico mais longevo da gestão do presidente, o português não conseguiu dar um padrão a sua equipe, tampouco conseguiu gerir um difícil grupo de jogadores - habilidade pela qual foi elogiado.

A ressaltar que, de fato, desafios como "oxigenar" o vestiário com novas lideranças, cobrar desempenho e identificar carências deveriam ser encabeçados pela diretoria - e não pelo técnico recém-contratado.



As ideias claras, apresentadas por Paulo Sousa sempre de forma educada nas entrevistas coletivas, não foram absorvidas pelo elenco. Tanto que, durante a temporada, o treinador mudou de sistema de jogo após três meses persistindo em um esquema inicial. A "humildade" de Paulo Sousa citada por Diego Ribas não foi suficiente para que, após uma mudança de rumo, o time evoluísse.

- Ele (Paulo Sousa) congrega o espírito vencedor do Flamengo. Foi assim como jogador e depois, como treinador, venceu nas vezes em que os clubes permitiram isso. Tem muito conhecimento acadêmico e experiência não focada só no aspecto tático, mas também organizacional de gestão.- afirmou Landim, na apresentação do técnico, no Ninho do Urubu.



Foram mais de 15 saídas e cinco contratações desde a chegada de Paulo Sousa. Atrás de uma nova identidade, o técnico deu menos espaço a jogadores como Isla, Diego Ribas e Diego Alves - sendo o goleiro pivô da maior crise de relacionamento com o português. Apesar do clube negar, o atrito entre as partes existia e era público.

As várias lesões e os pedidos por reforços não atendidos pela direção não contribuíram para o desenvolvimento do trabalho de Paulo Sousa, mas, após seis meses, esperava-se que o time apresentasse algo. O que se viu em campo, porém, foi um Flamengo regredindo.



De positivo, Paulo Sousa deixa o crescimento e as chances dadas aos vários garotos do Ninho. Lázaro e João Gomes provaram-se como opções importantes no grupo principal, enquanto Victor Hugo e Matheus França ganharam os primeiros minutos no profissional.

No mais, a passagem do português no Ninho do Urubu deixa a certeza que, se o Flamengo desejar repetir o sucesso de 2019, precisa buscar mais do que um "novo Jorge Jesus", e, sim, adotar uma estrutura que permita e potencialize os trabalhos dos profissionais do clube.



Confira os detalhes das passagens dos seis técnicos do Flamengo desde 2019, na gestão de Rodolfo Landim:

Abel Braga
- 147 dias no comando do Flamengo, entre 2 de janeiro e 19 de maio de 2019. O treinador pediu interromper o trabalho e deixar o clube.

32J - 19V/8E/5D
Título: Campeonato Carioca de 2019

Jorge Jesus
- 393 dias no comando do Flamengo, entre 20 de junho de 2019 e 17 de julho de 2020. O treinador quebrou o contrato com o Flamengo e acertou com o Benfica.

57J - 43V/10E/4D
Títulos: Libertadores e Brasileirão, em 2019, e Recopa Sul-Americana, Supercopa do Brasil e Carioca, em 2020.



Domènec Torrent
- 98 dias no comando do Flamengo, entre 31 de julho de 2020 e 9 de novembro de 2020. O treinador foi demitido pelo clube e não conquistou título.

23J - 13V/4E/6D

Rogério Ceni
- 242 dias no comando do Flamengo, entre 10 de novembro de 2020 e 10 de julho de 2021. O treinador foi demitido pelo clube.

44J - 23V/11E/10D
Títulos: Brasileirão, Supercopa do Brasil e Carioca

Renato Gaúcho
- 140 dias no comando do Flamengo, entre 12 de julho de 2021 e 29 de novembro de 2021. O treinador foi demitido pelo clube.

38J - 25V/8E/5D

Paulo Sousa
- 150 dias no comando do Flamengo, entre 10 de janeiro e 9 de junho de 2022. O treinador foi demitido pelo clube.

32J - 19V/7E/6D

*Dias considerando o intervalo entre a apresentação/primeiro treino e anúncio da saída/demissão do treinador.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Alex Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário