'Batizado' pela Nação: na goleada do Flamengo, Paulo Sousa destaca a festa da torcida no Maracanã




Lance!: Em sua primeira vez no Maracanã, o técnico Paulo Sousa viveu uma noite mágica. Afinal, o Flamengo jogou bem e goleou o Bangu por 6 a 0, na 11ª rodada da Taça Guanabara, após três meses distantes do histórico estádio. Após a partida, o treinador falou sobre a atuação e sobre a festa da Nação, afirmando que a experiência serviu como um batismo: "Me sinto privilegiado". 



- Foi extraordinária (a presença da torcida). Me senti batizado. Essa sinergia que queremos ter. Precisamos deles nos momentos que tivermos mais dificuldades. Vão nos dar intensidade, energia em nosso jogo. Me sinto privilegiado e cada vez mais como treinador do Flamengo - afirmou o técnico.

Em uma goleada por 6 a 0, não faltaram destaques individuais do lado do Flamengo: Arrascaeta, Gabigol, Léo Pereira, Thiago Maia... Assim, não faltaram elogios do treinador Paulo Sousa a alguns atletas, mas sempre ressaltando o coletivo. Confira o que o português falou, por exemplo, sobre o meia uruguaio.



- Todos bons jogadores todos com qualidade de capacidade técnica, mobilidade, tomada de decisões, sempre que está em ritmo alto, é um jogador que alimenta nosso ataque, dentro do que é nossa ideia de jogo, profundidade, largura. A forma como se move e o entendimento de ocupação do espaço faz com que seja um jogador influente e alimente o ataque. Fico feliz por ele e, sobretudo, pela equipe. É um jogador que sacrifica sem bola, pela equipe, como deve ser, e com a bola faz a diferença - comentou o treinador do Fla.

Confira outras respostas de Paulo Sousa, técnico do Flamengo:

Utilização dos jovens da base

Iniciamos com quatro jogadores que têm alguns anos de base do Flamengo. Acreditamos neles. Não é por acaso que têm espaço. Todos precisam merecer estar em campo. O França nem teve férias quando cheguei, é um jogador que nós acreditamos bastante para, em futuro breve, nos ajudar a incrementar a qualidade do nosso jogo.



Avaliação da partida

Avaliação positiva, bem conectada com a Nação. Me sinto inteiramente batizado. Me sinto um verdadeiro treinador do Flamengo. Quero dar os parabéns ao presidente pelo esforço, não só financeiro, mas também envolvendo a sua pessoa para poder tornar o gramado nas melhores condições. É assim que queremos oferecer o melhor futebol a toda nossa Nação.

Gabigol

Imprescindível, só a camisa do Flamengo. A equipe tem que estar a frente de todos individuais. O clube está cima de todos nós. O Gabi já tem vindo a marcar a história do Flamengo, imprescindível é a camisa do Flamengo.

Alternativas com Everton Ribeiro

Tenho vindo a dizer que são duas posições que temos como utilizá-lo. Iniciamos com ele no corredor esquerdo, na profundidade e velocidade não é a mesma de outros jogadores, mas trabalha bem também pelo centro. Manteve muita intensidade na transição defensiva. É mais um jogador, mais uma alternativa que temos para utilizar durante os jogos.

Utilização de Bruno Henrique do ladoe esquerdo

É viável, algo que pensamos. O Bruno Henrique é um jogador de área, e precisamos dele. Ele jogar como ponta, é algo que trabalhamos, que o jogador sabe, mas repito: a ideia é ter todos disponíveis e entendendo bem as posições que precisam ocupar para aumentar a qualidade do nosso jogo, criar oportunidades e aumentar a eficácia.




- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Gilvan de Souza

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.