De 'fenômeno' monitorado pelo Real a trio de R$ 1,1 bilhão: conheça as joias do Fla que Paulo Sousa observará no Carioca




Espn: O Flamengo encara a Portuguesa nesta quarta-feira (26), às 21h35, pela estreia do Carioca. Ainda sem os titulares, a equipe será dirigida por Fabio Matias. E o ESPN.com.br apresenta as promessas rubro-negras.



Da lista relacionada para o duelo, seis nomes chamam atenção: Matheus França, protegido por uma cláusula de 100 milhões de euros (R$ 616 milhões), maior multa do clube, puxa a fila. Além disso, o trio Lázaro, Vitor Hugo e Matheusão têm multas que, somadas, chegam a R$ 1,1 bilhão. Matheus Gonçalves e Petterson completam a lista. Conheça um pouco de cada um abaixo.

Matheus França

Matheus França renovou o contrato recentemente até abril de 2027. E com uma cláusula de 100 milhões de euros, cerca de R$ 616 milhões.



O vínculo foi assinado na última terça-feira (25). Na base, o jogador é destaque do time sub-17 e 20 e se destaca pela força física, velocidade e chute certeiro.

Aos 17 anos, ele já fez dois jogos pelo profissional, contra Santos e Atlético-GO, ambos entrando no fim das partidas. Desta vez, Matheus entra em 2022 como um dos principais nomes da equipe que disputará o Carioca.



Durante os treinamentos, Matheus França tem chamado a atenção de Paulo Sousa. Na entrevista coletiva em sua apresentação, o português afirmou que olharia para a base e citou Matheus como exemplo.


Matheus França, do Flamengo, comemorando gol sobre o Palmeiras, na semi da Copa do Brasil sub-17 Marcelo Cortes/Flamengo

Lázaro

Por outro lado, Lázaro vive um momento de interrogação no clube após início semelhante ao Matheus. Sempre badalado na base rubro-negra, ele jogava na categoria sub-17 e sub-20 e foi campeão por ambas do Brasileirão em 2019. E ele viveu o auge ao ser um dos destaques do Brasil sub-17, em 2019, quando fez o gol do título Mundial da categoria.



No entanto, Lázaro ainda não emplacou e trouxe desconfiança da torcida. Ainda muito tímido no profissional, o atleta não conseguiu repetir o desempenho que teve na base em anos anteriores.

Além disso, Lázaro sofre com a questão física. Franzino, ele está no processo de se adaptar ao estilo de jogo do profissional, muito diferente da base. Mesmo assim, Paulo Sousa observa de perto o garoto.



Lázaro está com 19 anos e completa 20 em março. Ele tem contrato até março de 2025 e está protegido por uma cláusula de 80 milhões de euros, algo em torno de R$ 492 milhhões.


Lázaro durante treinamento do Flamengo no CT Ninho do Urubu Marcelo Cortes/Flamengo

Matheus Gonçalves

Com apenas 16 anos, Matheus Gonçalves assinou no ano passado o primeiro contrato profissional com o Flamengo. O acordo é válido até 2024.

No clube desde o 12 anos, ele foi destaque por todas as categorias em que passou. No sub-17, forma o 'quinteto terror' com Matheus França, Vitor Hugo, Petterson e Matheusão.



Em campo, Matheus Gonçalves se destaca pela habilidade com a perna canhota. Ele atua pelo lado direito em função parecida com a que Everton Ribeiro faz no time profissional


Mateus Gonçalves assinando contrato profissional com o Flamengo Divulgação Flamengo

Matheusão

O nome no aumentativo já fala por si só. Centroavante do time sub-17, Matheusão é a referência ofensiva da equipe na base. Camisa 9 de origem, ele tem o estilo mais parecido com Rodrigo Muniz, negociado pelo clube carioca na última temporada.

Matheusão nasceu em 2004 e tem 17 anos. Ele completa 18 em abril e tem contato até abril de 2025.



Para tirar Matheusão do Flamengo, o clube interessado terá de pagar uma alta quantia: cerca de 50 milhões de euros, algo em torno de R$ 307 milhões.


Matheusão em ação pelo Flamengo Gilvan de Souza/Flamengo

Vitor Hugo

Camisa 10 do time sub-17, Vitor Hugo é a consistência da base rubro-negra. Menos badalado do que Matheus França, o nome da categoria, o jovem se destaca pela regularidade.

Seja com gols ou assistências, Vitor Hugo é presença constante para criar ou finalizar. Além disso, chama atenção pela parte física.



Internamente, o jogador é avaliado com um estilo parecido de Reinier, vendido por 30 milhões de euros a Real Madrid em 2020. Mas Vitor Hugo tem Arrascaeta como referência para seguir brilhando na base e agora tentar se destacar no profissional.

Ele tem contrato até 2025 e também está protegido por multa de 50 milhões de euros (307 milhões).


Vitor Hugo é um dos grandes destaques do time sub-17 do Flamengo Marcelo Cortes/Flamengo

Petterson

Se Matheus Gonçalves é responsável pelo lado direito, o setor esquerdo do ataque tem dono na base: Petterson.

Destro, ele costuma abusar da velocidade pelo lado contrário. E foi o protagonista do último título da categoria sub-17 conquistado em cima do Vasco.

Depois de uma derrota por 3 a 1 no confronto de ida, o Flamengo foi valente no jogo da volta e conseguiu reagir. Quando vencia por 3 a 1, placar que levava a disputa para as penalidades, Petterson fez o gol da conquista aos 43 do segundo tempo. A partir daí, ganhou ainda mais projeção na base rubro-negra.


Petterson, à esquerda, é mais uma promessa do Ninho Gilvan de Souza/Flamengo

- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação
De 'fenômeno' monitorado pelo Real a trio de R$ 1,1 bilhão: conheça as joias do Fla que Paulo Sousa observará no Carioca De 'fenômeno' monitorado pelo Real a trio de R$ 1,1 bilhão: conheça as joias do Fla que Paulo Sousa observará no Carioca Reviewed by NF on janeiro 26, 2022 Rating: 5

Nenhum comentário

Deixe seu comentário