terça-feira, 7 de dezembro de 2021

Pelaipe lembra bastidores da contratação de Jesus e fala da possível volta do técnico ao Flamengo




Lance!: Ex-diretor de futebol do Flamengo, Paulo Pelaipe foi um dos principais nomes responsáveis pela contratação de Jorge Jesus em meados de 2019. O dirigente, que não teve o contrato renovado para 2020 e se mostrou chateado com a saída do clube, contou como alertou ao departamento de futebol a importância da chegada do Mister, campeão do Brasileiro e da Libertadores daquele ano:



- Numa decisão do Benfica com o Porto, na prorrogação, o Porto ganha o jogo e aquilo me chamou muita atenção, o envolvimento do treinador que era o Jorge Jesus, e a prostração dele quando o Kelvin fez o gol no último lance da partida… Em 2019, (Jorge) Baidek me disse que o Jorge Jesus não ia renovar o contrato no mundo Árabe e vai ficar disponível - contou Pelaipe, em entrevista ao site "Coluna do Fla", emendando:

- Se fosse para o Flamengo, faria um trabalho espetacular, ele rasgava elogios. E eu conversando com o Braz, disse: "Marcos, tinha aquele problema que o time não estava bem, torcida reclamava do time, tínhamos perdido para o Internacional, Atlético-MG". E aí eu falei do Jorge Jesus. Quando perdemos pro Atlético-MG, o Jorge Jesus estava no camarote na diretoria do Galo.



- Eu tirei uma fotografia no intervalo do jogo e disse pro Braz: "Marcos, o português está no Brasil". O Marcos recebeu a minha mensagem, e ele estava na Alemanha, para contratar o Rafinha, então, a gente conversou bastante, ele conversou comigo, eu falei de novo para ele no outro dia. O que aconteceu? Marcos saiu da Alemanha, marcou uma reunião, Jorge Jesus saiu do Brasil, numa quarta ou quinta, e ele foi conhecer o profissional. Fez uma, duas ou três reuniões e ficou encantado com a conversa. E dali começou tudo - concluiu.

ACHA QUE JESUS VOLTA?

Pelaipe reforçou que ainda mantém contato com Jorge Jesus, pressionado no Benfica e que terá um jogo que pode ser decisivo para a sua permanência, nesta quarta, pela Champions League, mas evitou dar maiores detalhes se acredita que o técnico português vai retornar ao Flamengo em 2022:



- É uma decisão muito pessoal, até digo respeitando muito vocês, estou muito feliz por ter sido convidado, mas, mesmo se soubesse, se ele tivesse me falado algo, o que não falou, é uma decisão pessoal do Mister com sua família, que eu não me atreveria a dar opinião, porque qualquer coisa do que a gente disser é achômetro.

O QUE DIZ O FLAMENGO

Após a reeleição do presidente Rodolfo Landim, o vice-presidente de futebol do clube, Marcos Braz, respondeu perguntas sobre um possível retorno de Jorge Jesus. O dirigente, contudo, acredita ser uma "temeridade" falar sobre o Mister, uma vez que ele tem compromissos importantes neste mês. Braz ainda admitiu que ele é uma opção, mas ressaltou que o Fla não irá se movimentar antes do término do Brasileirão.



- Ele tem um contrato em vigência, tem dois compromissos importantíssimos nesses próximos 20 dias. É uma temeridade eu chegar e falar do Jorge até pela situação dele lá no Benfica nesse momento. Ele é um técnico que deu certo no Flamengo, ele e a torcida tem bastante conexão até porque ganhou muito aqui. Vamos dar tempo ao tempo, sem estar na inércia, mas com calma vamos ter um técnico para 2022.

- Não é um plano, é uma opção. O que eu estou falando aqui é que a gente não vai se mexer antes de acabar o Campeonato Brasileiro. Eu vou estar lá (nos jogos). Após isso aí e com calma a gente vai se mexendo no mercado. Não tem ninguém mapeando, não tem a gente mapeando nada no mercado, nada. Quem está mapeando e quem está vendo quem pode, de fato, treinar são as pessoas internas do clube, é o departamento de futebol do Flamengo.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Alexandre Vidal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário