quarta-feira, 22 de dezembro de 2021

Flamengo projeta R$ 390 milhões para novas contratações nos próximos três anos




Espn: O orçamento do Flamengo para 2022 indica que o clube projeta ter R$ 130 milhões separados por temporada para novas contratações até 2024. O valor do próximo ano já repete a mesma previsão feita para o início de 2021.



O documento, disponível no site oficial rubro-negro, apresenta como quantia disponível para contratações 16 milhões de euros, o equivalente a pouco mais de R$ 100 milhões. Com comissões, repasses e impostos, essa cifra sobe para cerca de R$ 130 milhões.

Isso não quer dizer que todo esse valor será gasto apenas em 2022. O Flamengo trabalha com o investimento disponível para o ano sendo dividido até 2024. Na previsão orçamentária, por exemplo, a equipe calcula que R$ 43 milhões serão, de fato, pagos na próxima temporada, e o restante seguirá sendo amortizado nos exercícios seguintes.



Na demonstração de fluxo de caixa para 2023 e 2024, a cada ano, o Flamengo acrescenta os mesmos R$ 43 milhões calculados para 2022, indicando que o clube está preparado para manter o patamar de investimentos também para as temporadas seguintes.

O parcelamento de valores, aliás, já é uma tendência no mercado rubro-negro nos últimos exercícios. Para 2022, por exemplo, o clube ainda tem pendentes R$ 114 milhões a pagar em negócios como o de Gabigol, Pedro e Gerson. Em comissões, empréstimos e outros repasses, o valor em aberto por transações passadas é de R$ 34 milhões.



Em negociações já realizadas, o Flamengo seguirá tendo valor relevante a ser pago em 2023, com R$ 98 milhões, enquanto essa quantia cai para apenas R$ 8 milhões em 2024 - nas comissões, esse valores são, respectivamente, R$ 24 milhões e R$ 12 milhões nos dois próximos anos.

Nas últimas temporadas, o ano com maior gasto na contratação de jogadores para o Flamengo foi 2019, com R$ 258 milhões investidos. O valor caiu em 2020, para R$ 178 milhões, e um pouco mais em 2021, com R$ 112 milhões. Se o orçamento de R$ 130 milhões for seguido, volta a subir, portanto, em 2022.



Vale destacar que, em 2021, o Flamengo gastou um pouco mais em aquisição de atletas do que previa em seu orçamento. A meta era de R$ 96 milhões, R$ 16 milhões abaixo do que foi realmente investido.

No início do mês, em entrevista ao "GE", Fernando Góes, diretor financeiro do Flamengo, citou a possibilidade de o time gastar mais do que o planejado no mercado, o que pode impactar os anos seguintes. "O departamento de futebol pode rever e achar que precisa investir mais. Aí temos que revisar como um todo."



Em 2022, o Flamengo tem três contratos de empréstimo chegando ao final no mês de junho, todos com valores de compra já fixados: Andreas Pereira, Kenedy e Thiago Maia.

A maior cifra teria que ser paga ao Manchester United por Andreas Pereira: 15 milhões de euros (R$ 97 milhões na cotação atual). Kenedy custaria 10 milhões de euros (R$ 65 milhões) junto ao Chelsea , e Thiago Maia, cerca de 7 milhões de euros (R$ 45 milhões) ao Lille .


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário