quinta-feira, 23 de dezembro de 2021

Com dirigentes do Fla e pressão sobre Jorge Jesus, goleada sofrida pelo Benfica vira bomba em Portugal




Espn: Nesta quinta-feira (23) o Benfica perdeu por 3 a 0 no clássico contra o Porto, no Estádio do Dragão, e foi eliminado nas oitavas de final da Taça de Portugal. E a derrota dos Encarnados para o maior rival caiu como uma bomba na imprensa portuguesa.



O tradicional jornal português "A Bola" deu destaque à eliminação do Benfica e até mesmo citou a presença de dirigentes do Flamengo nas tribunas do estádio. O veículo também não deixou de falar sobre o técnico Jorge Jesus, que cumpriu suspensão e também ficou nas tribunas, mas que com a derrota viu a pressão no cargo aumentar ainda mais.

"Jesus no Dragão: um inferno sem fim", escreveu o jornal em uma das suas publicações referentes ao clássico, lembrando do retrospecto negativo de JJ na casa do Porto, um "pesadelo" que teve início na temporada 2009/10, em derrota por 3 a 1 para os arquirrivais. Na temporada 2012/13, o atacante brasileiro Kelvin marcou um fatídico gol em nova vitória dos Dragões em casa, por 2 a 1.



Sobre a presença dos dirigentes rubro-negros Bruno Spindel e Marcos Braz no Estádio do Dragão, o "A Bola" lembrou do interesse do clube brasileiro no retorno de Jorge Jesus, que ficou em um camarote próximo.

Por último, o veículo ainda chamou o Porto de "demolidor" contra o Benfica. "Porto entrou demolidor e deixou o Benfica num 'Ai Jesus'", escreveu o jornal numa outra manchete sobre a partida.

Porto e Benfica voltam a se enfrentar no Estádio Dragão na próxima quinta-feira (30), às 18h, pelo Campeonato Português, com transmissão ao vivo pela ESPN no Star+. Neste momento, os Dragões lideram a competição, com 41 pontos. Já os Encarnados, com 37, são 3º na tabela.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Diogo Cardoso/Getty Images

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário