segunda-feira, 31 de maio de 2021

Três opções na mesa: Conmebol faz reunião de emergência por Copa América e já admite cancelamento




A Conmebol fará uma reunião de emergência na manhã desta segunda-feira (31) para debater o futuro da Copa América. Já nas últimas horas de domingo, a entidade anunciou a suspensão da organização do torneio na Argentina.



Os integrantes da alta cúpula e do conselho da confederação foram informados do encontro por volta de 22h de domingo. A reunião acontecerá às 9h no horário local do Paraguai, 10h de Brasília nesta segunda.

Embora tenha anunciado, em comunicado oficial, que analisa a "oferta de outros países que mostraram interesse em sediar o torneio", a possibilidade é vista como difícil nos bastidores. Abre-se, assim, pela primeira vez, a discussão para o cancelamento do torneio.



Segundo apurou a ESPN Brasil, essa será uma das opções sobre a mesa na reunião. Outra seria um novo adiamento da disputa, que está prevista para ter sua abertura no próximo dia 13 de junho; ou apenas a mudança de sede, como indicado na nota oficial da Conmebol.

Em meio ao desespero de evitar o pior cenário - cancelamento -, a Conmebol não descarta nem mesmo levar o torneio para fora do continente. O alto custo e a complexidade logística, no entanto, pesam contra. Todas as opções serão avaliadas na reunião desta segunda-feira.



"A Conmebol informa que em relação às circunstâncias atuais resolveu suspender a organização da Copa América na Argentina. A Conmebol analisa a oferta de outros países que mostraram interesse em abrigar o torneio continental", publicou a entidade no domingo.

O objetivo é bater o martelo sobre o futuro do torneio o mais rápido possível. A reunião às pressas foi chamada porque a entidade entende que, qualquer que seja o caminho seguido, há possíveis prejuízos. Por isso a necessidade de debate entre dirigentes e conselheiros.



Inicialmente, a Copa América aconteceria em 2020, em dois países: Colômbia e Argentina. O primeiro, contudo, também deixou de ser sede em 2021, diante da instabilidade política vivida nas últimas semanas. Agora, os argentinos, em meio ao crescimentos dos casos de COVID-19, passam pelo mesmo.

Pouco antes do anúncio da Conmebol, Eduardo De Pedro, ministro de Interior da Argentina, já havia dado indícios que o país não estava pronto para o torneio - recentemente, o futebol local foi suspenso com o crescimento dos casos de coronavírus.

Segundo De Pedro, seria "muito difícil" que a Argentina pudesse sediar a Copa América neste momento, em entrevista ao canal local "C5N". Ainda segundo ele, a prioridade do governo seria "cuidar da saúde e vida dos argentinos" e não o torneio de futebol.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Fonte: https://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/8717608/conmebol-faz-reuniao-de-emergencia-por-copa-america-e-ja-admite-cancelamento
Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário