quarta-feira, 16 de dezembro de 2020

Americano lutador do UFC se declara fã do Flamengo



Como diz o hino: "Uma vez Flamengo, Sempre Flamengo," e isso aconteceu com o lutador de UFC, o norte-americano Kelvin Gastelum, que tem descendência mexicana, porem fala português com naturalidade, o lutador já foi desafiante ao cinturão dos médios, contou como aprendeu português e como se tornou fã do Flamengo ao brasileiro Fabrício Werdum, em seu canal no Youtube.



Segundo reportagem divulgada pelo site da ESPN, a história tem a ver com uma mulher que o atleta tentou conquistar, sem sucesso. Hoje, porém a sua relação com o Brasil inclui o carinho pelo Flamengo e até Wesley Safadão.

“Eu comecei a praticar a língua para falar com uma menina brasileira. Por isso que comecei a estudar a língua. Queria falar com essa menina, mas nunca conversei com ela. Mas assim que comecei a estudar a língua”, disse Gastelum, em conversa no canal de Werdum no Youtube.



O lutador contou que buscava músicas justamente no Youtube e estudava as letras em espanhol, português e inglês “para saber nas três línguas”.

“Por isso que conheço muita música brasileira”, completou. “Gosto de Wesley Safadão, gosto da música sertaneja. Acho que ele é o mais famoso. Gusttavo Lima também. Também um pouco de funk...”

Gastelum, inclusive, já lutou duas vezes no Brasil, uma em Fortaleza (venceu Vitor Belfort, mas a luta ficou sem resultado após seu teste positivo para maconha no antidoping) e outra no Rio de Janeiro (superou Ronaldo Jacaré).



No Rio, aliás, Gastelum ganhou o time de futebol que acompanha no Brasil. Na conversa, Werdum tentou convencê-lo a apoiar o Grêmio, sua equipe de coração, mas sem sucesso. “Flamengo, cara. Flamengo, pô. Somos vermelho... Com o quê? Vermelho com preto!”

Já Safadão, Gastelum ainda não conheceu. Mas já recebeu desejo de boa sorte. “Nunca pessoalmente, mas uma vez ele me ligou para falar 'boa, sorte' para a luta contra Vitor Belfort. Conheci o Xand Avião e cantei com ele, cantei Safadão, porque era a única música que sei.”


- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário