segunda-feira, 2 de novembro de 2020

Maracanã em baixa e defesa questionada: Fla derrapa em sonho por liderança



O Flamengo encerrou sua participação no primeiro turno do Brasileiro muito vivo na briga pelo bicampeonato, mas com reflexões e correções a serem feitas por Domènec Torrent e seus jogadores.



Após a derrota por 4 a 1 para o São Paulo , o Rubro-negro viu escorrer pelos dedos a chance de assumir a ponta da competição. Com a derrota do Internacional para o Corinthians , bastava ao Fla um empate para abocanhar a liderança, mas a equipe voltou a fraquejar ante um rival direto pelo título.

Se considerados os jogos contra os outros quatro integrantes do Top-5 da competição, a equipe de Dome soma apenas uma vitória, contra o rival Fluminense . Diante destes times, o Flamengo perdeu para Atlético-MG e São Paulo, e ficou no empate com o Internacional .



Chama a atenção que as duas derrotas ocorreram justamente quando os atuais campeões tinham o mando de campo. Na vitória por 2 a 1 contra o Flu, o jogo tinha o Tricolor como mandante. Na campanha de 2019, o Fla venceu 17 e empatou duas no Maracanã. Já em 2020, a casa rubro-negra não tem sido uma grande fortaleza. Em nove compromissos, a equipe venceu quatro, empatou três, perdeu duas e tem aproveitamento de 55,5% dos pontos.

As dificuldades causam uma comparação inevitável com a temporada campeã do ano passado, mesmo que a pandemia da covid-19 e outros fatores façam com que as caminhadas tenham características diferentes. Fato é que o time ainda não engrenou no Maraca e tem tido um desempenho mais irregular em 2020.



"Falta a torcida. E falta jogar melhor, esse é o meu trabalho. A torcida do Flamengo ganha pontos. Temos de melhorar. Há campos muito especiais e a torcida do Flamengo é uma das melhores do mundo", pontuou Dome.

Defesa questionada

O sistema defensivo, muito criticado por falhas sucessivas contra o Tricolor Paulista, ajuda a explicar esses números. Em seus domínios, os rubro-negros levaram 11 dos 25 gols que sofreram ao longo da competição. No ano passado foram só 18 em todos os jogos em casa no Brasileirão. Contra os paulistas, Gustavo Henrique teve destaque negativo por contribuições diretas em dois gols do adversário. Após o revés por 4 a 1, Dome pediu que se faça uma análise mais abrangente.



Outro número preocupante chama a atenção: a defesa do Flamengo só conseguiu sair zerada de campo em três dos 19 jogos do primeiro turno do Brasileiro.

"É a mesma defesa que ganhou do Corinthians. Agora, se fala de Rodrigo Caio (contundido). Houve erros individuais na defesa e no ataque. Hoje (ontem), jogamos mal. Aqui só se fala do resultado. Perdeu são ruins, ganhou são todos bons. Tem de analisar. A derrota é muito dolorosa, mas não faz justiça ao que houve no campo. Os jogadores são humanos, não são máquinas e eles podem errar", acrescentou Torrent.



Estes questionamentos acerca do setor ocorrem dias antes de um duelo no qual levar gols pode ser fatal. Na quarta (4), o time recebe o Athletico , às 21h30, pela Copa do Brasil . Como venceu o jogo de ida por 1 a 0 , basta aos cariocas um empate sem gols para avançar às quartas de final.

Para o mata-mata, o Flamengo terá a volta de Willian Arão e Thiago Maia, que cumpriram suspensão no último jogo. Diego, Arrascaeta, Gabigol e Rodrigo Caio estão em recuperação de suas respectivas lesões e nenhum deles deve estar à disposição.


- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/2020/11/02/flamengo-nao-engrena-no-maracana-e-tem-dificuldades-contra-rivais-pela-taca.htm

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário