quinta-feira, 5 de novembro de 2020

Flamengo sofre com falhas na saída de bola em jogos consecutivos; duelo com o Atlético-MG será novo desafio



Os 32 gols sofridos em 23 partidas sob o comando de Domènec Torrent não deixam dúvidas: o Flamengo, hoje, não tem um sistema defensivo sólido. As recentes atuações diante do Internacional e São Paulo, pelo Brasileirão, e contra o Athletico, nesta quarta pela Copa do Brasil, foram marcadas pelos erros individuais e coletivos. As falhas na saída de bola - que resultaram em três gols adversários -, deixam o sinal de alerta ligado, ainda mais com o próximo compromisso do time sendo o Atlético-MG, neste domingo, em BH.



A característica do time de Jorge Sampaoli é a marcação alta, entre outras, a qual o Colorado, no Beira-Rio, o Tricolor e o Athletico, no Maracanã, fizeram diante do Fla ao menos em determinado momento da partida e criaram problemas. Os dois gols do Internacional, por exemplo, foram marcados após erros na saída de bola, assim como um dos gols feitos pelo Furacão no Rio.

Os sucessivos erros individuais apontam para um problema maior no sistema defensivo, o qual deve ser trabalhado por Dome Torrent apesar das alegações de que quase não há tempo para treinar com a maratona de jogos pela Copa do Brasil, Copa Libertadores e Campeonato Brasileiro. Com a opção de tirar a linha defensiva vista como titular do jogo desta quarta-feira, contra o Athletico, o treinador espanhol terá os treinos de quinta, sexta e sábado para realizar ajustes no Ninho do Urubu com Gustavo Henrique, Natan e Isla. Filipe Luís, o único titular neste última partida, fará um trabalho regenerativo nesta manhã.



DOME COBRA FOCO E CONCENTRAÇÃO

Os erros não pararam despercebidos pelo técnico do Flamengo. Na visão do espanhol, contudo, as falhas vêm ocorrendo por momentos de desatenção.

- Defensivamente, temos que estar focados. Podemos perder o Brasileirão também por isso. Em dois erros, demos dois gols. São coisas que não dá para treinar, é estar concentrado os 90 minutos - afirmou o técnico, antes de seguir:

- Jogamos bem os primeiros 30 minutos e relaxamos. Não podemos dar bolas nos zagueiros e nos volantes. Ninguém é uma máquina, os jogadores podem errar, os treinador também erra. Mas, dos últimos seis gols nós demos cinco.


- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: https://www.lance.com.br/flamengo/sofre-com-falhas-saida-bola-jogos-consecutivos-liga-alerta-para-duelo-com-atletico.html

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário