sábado, 17 de outubro de 2020

Jogadores do Flamengo estão 'no pior da fadiga', e Dome terá 'quebra-cabeça' contra Corinthians



O desgaste físico virou um problema de nível máximo para o Flamengo. Tanto que o Rubro-Negro confirmou com antecedência que terá desfalques para a partida contra o Corinthians, neste domingo, na Neo Química Arena: o zagueiro Rodrigo Caio, com desgaste muscular, e o meia Arrascaeta, que teve uma lesão no período em que esteve com a seleção do Uruguai, serão ausências. Já o também meia Everton Ribeiro, que sente dor no joelho, é dúvida e também corre o risco de ficar de fora.



A situação está tão crítica que o chefe do departamento médico do Flamengo, Márcio Tannure, publicou um vídeo nas redes sociais explicando.

— É uma semana completamente atípica. A gente jogou 48 horas após um jogo onde, sabida e cientificamente, o maior da dor muscular tardia da fadiga é em 48 horas, e não 24 horas. Então, colocamos atletas no pior da fadiga para jogar. A gente tem feito o processo de recuperação no próprio estádio após os jogos, nas viagens, com o que temos a mão, mesmo não sendo o ideal, pelo período curto — comentou.



Tannure também revelou que Pedro e Gerson estavam “no pior da fadiga muscular” contra o Bragantino, na última quinta-feira, e deu a entender que eles também devem ser poupados contra o Corinthians.

— Por mais que o Pedro estivesse se sentindo bem, ele vem de uma sequência de jogos, mostrando sinais bioquímicos, imagens termográficas, onde a gente sabe que existe um risco. Foi conversado que ele poderia jogar, inclusive conversei com o Dome, mas não 90 minutos. O Gerson é um atleta que vem jogando todos esses jogos, com pouco tempo de recuperação e preparação para jogar — declarou o médico.


- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: https://extra.globo.com/esporte/flamengo/jogadores-do-flamengo-estao-no-pior-da-fadiga-dome-tera-quebra-cabeca-contra-corinthians-24697059.html

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário