quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

Marcos Braz classifica grupo do Flamengo na Libertadores como 'pedreira'



O grupo do Flamengo na Libertadores deste ano foi definido. O Barcelona de Guayaquil, do Equador, eliminou o Cerro Porteño, do Paraguai, e completará o Grupo A, que já contava com o Rubro-Negro, Independiente del Valle, do Equador, e Junior Barranquilla, da Colômbia.


Marcos Braz, vice-presidente de Futebol do Flamengo, salientou que o time do técnico Jorge Jesus encontrará dificuldades e apontou as longas viagens como um dos obstáculos para chegar às oitavas de final.

"Pedreira. Quem acha que esse grupo do Flamengo é fácil, não conhece nada de futebol. É pedreira. Logística ruim, que você precisa viajar muito. Países lindos, mas que estão muito distantes do Rio de Janeiro. Precisa fazer cinco, seis horas de viagem, jogar em altitude... Tem de ter muito cuidado. E vai jogar o campeão. Todo mundo gosta de ganhar do campeão", disse, após a final da Recopa Sul-Americana.

Nesta noite, o Flamengo bateu o Independiente del Valle, que foi o vencedor da Sul-Americana do ano passado, por 3 a 0 e garantiu o título da Recopa Sul-Americana. Foi a terceira taça em 2020 do time da Gávea, que já levantou a Supercopa do Brasil e a Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca.


Fonte: Uol

Curta nossa Página



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário