quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

Invicto com Jorge Jesus no Maracanã, Flamengo tem retrospecto favorável contra equatorianos



O retrospecto do Flamengo dá uma dose a mais de confiança para a final da Recopa, nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã. Dois números importantes dão noção do histórico favorável rubro-negro para enfrentar o Independiente Del Valle.


O primeiro, mais recente, diz respeito a Jorge Jesus: o Flamengo ainda não perdeu no Maracanã com o técnico português. São 19 vitórias e três empates em 22 jogos. Se mantiver o ritmo, o Rubro-Negro levará, no mínimo, a decisão para a prorrogação.

Mas, se o retrospecto contra equatorianos se repetir, o título da Recopa ficará ainda mais perto. Isso porque o Flamengo tem 100% de aproveitamento contra clubes do Equador no Rio de Janeiro: são cinco vitórias em cinco jogos.


É com base nesta força em casa, com o apoio maciço da torcida - já são 62 mil ingressos vendidos -, que o elenco rubro-negro mostra confiança na vitória. Para o volante Willian Arão, o Flamengo consegue impor ainda mais seu jogo quando atua no Maracanã.


- Eu definiria (o Del Valle) como um time corajoso. Joga dentro da área, com o goleiro. Enfrentamos times assim e nos demos bem. Eles têm coragem de sair jogando, confiam no estilo de jogo. Conseguiram fazer isso bem. No Maracanã vai ser outra história. Alguns times não conseguem fazer o mesmo aqui por uma série de motivos. Por a gente impor nossa forma de jogar, pela torcida, que faz a diferença. É uma série de fatores. Espero que possamos fazer mais um grande jogo - analisou o volante.

Flamengo e Independiente Del Valle empataram em 2 a 2 na partida de ida, em Quito, na última semana. A Recopa não tem critério de desempate por gols marcados fora. Assim, em caso de novo empate, a decisão irá para a prorrogação.


Fonte: https://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/invicto-com-jorge-jesus-no-maracana-flamengo-tem-retrospecto-favoravel-contra-equatorianos.ghtml | Foto: CLEVER FELIX

Curta nossa Página




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário